A cidade de São Carlos recebeu mais uma etapa do Campeonato Paulista Off-Road, que
contou com um grid formado por 76 duplas


Embora seja uma competição estadual, o campeonato Paulista Off-Road atrai pilotos e navegadores de diversas regiões do País, a exemplo de Rio de Janeiro, Minas Gerais, Paraná, Mato Grosso e, até mesmo, Rio Grande do Sul, representado pelos irmãos Marcos e Marcelo Bortoluz, que são do município de Caxias do Sul. A quarta etapa da temporada 2019 foi realizada neste último sábado, 10 de agosto, e reuniu um grid de 76 carros, distribuídos nas categorias Máster, Graduados, Turismo, Turismo Light e Suzuki Off-Road.
O roteiro teve aproximadamente 160 quilômetros, com 98 quilômetros de trechos navegados, passando pelas regiões de São Carlos, Itirapina e Brotas. Pilotos e navegadores aceleraram por trilhas entre reflorestamentos de eucaliptos, e enfrentaram muitas lombadas, erosões, diversas curvas, mudanças de direção e, ainda, setores com bastante areia que faziam “splash” conforme a passagem dos veículos.
“A prova foi bem dinâmica, com médias de velocidades extremamente justas; posso dizer que o resultado desta etapa será definido por aqueles que menos erraram, pois para recuperar os erros cometidos, foi praticamente impossível”, disse o piloto Marcelo Bortoluz. “Nossa meta para 2019 é vencer, ao menos, uma etapa do campeonato. Mas está difícil”, refletiu descontraidamente. “Nossos adversários são muito fortes e esse é um dos motivos de competirmos em São Paulo. Outro diferencial são as etapas, rápidas, com boa planilha e medição. É o tipo de prova que te ensina, dá ritmo e coloca no nível de quem realmente é bom”, completou o navegador Marcos.

Cada pódio é sempre muito comemorado

Ao final de quatro horas de disputas e após aquele momento descontraído do almoço de confraternização, os resultados foram computados e divulgados. Pela categoria Máster, os vencedores da quarta etapa do Campeonato Paulista Off-Road foram Ednilso Leonel Borguezani e Marcos Evangelista, de Curitiba (PR). “Foi um rali rápido, no qual precisamos ser muito ágeis. Apesar de ter sido uma prova mais para pilotagem, se o navegador desconcentrasse e perdesse a correção do hodômetro, comprometeria todo o resultado. Por fim, foi só diversão”. Eles fizeram 52 pontos e, apesar de serem líderes do campeonato, essa foi a primeira vitória da dupla na temporada.

Na categoria Graduados, com 54 pontos perdidos, os melhores foram Luiz Fernando Alves Ferreira e Daniel Fernandes, de Orindiuva e Franca (SP), respectivamente. “Prova show, com médias de velocidade prazerosas para acelerar. Temos só elogios”, disse o navegador Fernandes.

Pela Turismo, Antonio Lourenço Piazentin e Jaqueline Urtado Piazentin, de Americana (SP), subiram no lugar mais alto do pódio com 57 pontos. “Foi um certame bem ‘pegado’ e técnico. Nossa maior dificuldade, foi manter a média de velocidade nos lugares onde tinha areia e se formaram facões, onde inclusive, o pneu derrapava bastante e, o navegador precisou estar bem atento para corrigir o hodômetro”, contou o piloto.

A dupla Gabriel Winter Tumerelo e Natalia Matos, de Vinhedo (SP), sagrou-se a campeã da etapa pela Turismo Light, com 931 pontos perdidos. “Sentimos dificuldade para superar os obstáculos de terreno. Foi bem divertido”, declarou Tumerelo.

E, na categoria Suzuki Off-Road, o casal paulistano João Carlos Afonso Estanqueiro e Lucia Cardoso Estanqueiro comemorou a vitória, com 1.557 pontos perdidos. “Excelente. O piloto trabalhou bastante nesta prova que foi bem empolgante. Aqui no Paulista, nós aprendemos a cada etapa, e sempre é uma experiência diferente da outra”, falou Lucia.

A próxima etapa do Campeonato Paulista Off-Road será no dia 26 de outubro e, de acordo com o diretor geral do evento, Clayton Prado, a cidade deverá ser definida nos próximos dias.

Categoria Máster

1º Ednilso Leonel Borguezani e Marcos Evangelista, 52 pontos

2º Pedro Paulo Oliveira e Cristiano Serpa, 43 pontos

3º Daniel Krabbe e Mônica Krabbe, 41 pontos

4º Marcos Bortoluz e Marcelo Bortoluz, 38 pontos

5º Marcos Leal e Rodrigo Peternelli, 37 pontos

Categoria Graduados

1º Luis Fernando Alves Ferreira e Daniel Fernandes, 54 pontos

2º Fernando Tokita e Lourival Roldan, 48 pontos

3º Kleber Santana e Fernanda Santana, 45 pontos

4º Alexandre Lopes Chaves e Pedro Donizeti Della Coletta, 41 pontos

5º Juliano Meira e Rafael Martins Benavides, 35 pontos

Categoria Turismo

1º Antonio Lourenço Piazentin e Jaqueline Urtado Piazentin, 57 pontos

2º Daniel Manse e Mirella Kurata, 54 pontos

3º Osvaldo Prezotto e Nathalia Graciano, 37 pontos

4º Renato Rocha e Rubens Vieira Pedro, 36 pontos

5º Reginaldo Rocha Lemos Júnior e Priscila Lucoves Martins, 35 pontos

Categoria Turismo Light

1º Gabriel Winter Tumelero e Natalia Matos, 931 pontos perdidos

2º Cristiano Palmeiras e Patrícia Palmeiras, 1.440 pontos perdidos

3º Rogério Pimenta Sato e Leonardo Gimenes Sato, 1.596 pontos perdidos

4º Paulo Silvestre Tavares e Elisabete Gomes Tavares, 1.603 pontos perdidosv

5º Caio Cesar Fingolo e Carlos Henrique Fingolo Júnior, 2.488 pontos perdidos

Categoria Suzuki Off-Road

1º João Carlos Afonso Estanqueiro e Lucia Cardoso Estanqueiro, 1.557 pontos perdidos

2º Manoel Nunes e Eliane Nunes, 2.001 pontos perdidos

3º Marcia Colevati e João Batista Ferreira, 2.700 pontos perdidos

4º Gilberto Mayorga e Maria Luiza Moyorga, 3.367 pontos perdidos

5º José Eleuterio da Fonseca e Eleutério de Moraes da Fonseca, 4.406 pontos perdidos

Liberdade de Ideias