Corrida manteve o alto nível de disputa do sábado e disputa pelo primeiro lugar durou
até a bandeirada no circuito de Londrina.

A Copa HB20 concluiu neste domingo a segunda etapa de sua história no Autódromo Internacional Ayrton Senna, em Londrina, com mais uma corrida de tirar o fôlego que premiou Edgar Favarin e Luciano Viscardi com as vitórias nas divisões Pro e Super, respectivamente. Assim como na disputa do sábado, os pilotos encontraram pista bastante úmida, o que só apimentou as brigas durante os 25 minutos de corrida.
A grande batalha do domingo foi valendo a vitória tanto na geral quanto na Pro entre Favarin e Adriano Rabelo, ambos bastante experientes, que fizeram um jogo de pressão: quem errasse primeiro perderia a vitória. E foi isso o que aconteceu com Rabelo quando tentou aplicar uma manobra na penúltima volta sobre Favarin, que, com a experiência de ter vencido sete vezes a Cascavel de Ouro (principal prova do Brasil para carros de tração dianteira), apenas viu o concorrente escapar da pista pelo retrovisor para vencer pela primeira vez na temporada.
“Me aproveitei do grid invertido para largar da primeira posição (os seis primeiros da prova 1 invertem de lugar na 2 e foi nessa posição que terminou seu companheiro Odair dos Santos), mas não foi fácil segurar o Rabelo. O carro dele estava mais rápido e até rolou um toque involuntário que não deu em nada, por sorte. Estou muito feliz com a vitória”, comenta Favarin. “Foi uma disputa suada! Faltou um pouquinho, mas faz parte. Os carros são iguais e para eu passar ele tinha de errar, mas ele guiou direitinho”, complementou Rabelo. Vencedor da corrida 1, Beto Monteiro completou o “top 3” após um bom pega com Witold Ramasauskas.
Já na classe Super, os dois primeiros do sábado se inverteram: foi a vez de Luciano Viscardi conquistar sua primeira vitória no automobilismo ao ser sexto no geral, logo atrás dos irmãos Caito e Felipe Carvalho, desta vez com uma margem tranquila em relação a Daniel Nino, que havia vencido no sábado. Kleber Eletric terminou novamente em terceiro.
“Foi um fim de semana maravilhoso em uma pista muito técnica, onde é fácil errar. Este é meu primeiro ano competindo e fomos construindo o resultado no fim de semana e só posso agradecer. Queria dedicar essa vitória a meu irmão e dupla Sandro Viscardi, que não pôde competir este fim de semana”, celebra Luciano. “A briga está bonita, a disputa está muito boa e melhor que isso só se eu tivesse vencido as duas. Foi um fim de semana muito legal com chuva, sol e vários desafios”, completou Nino.
Com os resultados do fim de semana, Rabelo é o novo líder do campeonato na Pro com 50 pontos, três a mais que Abbate e Diego Augusto, primeiro vencedor da história da categoria. Favarin e Odair, com a vitória na prova 2, subiram para quarto com 39. Na Super, Nino saiu de Londrina na ponta da tabela com 62 pontos, quatro a mais que Viscardi.
A íntegra da prova será exibida às 20h deste domingo pelo canal por assinatura Band Sports. O próximo encontro da Copa HB20 acontece nos dias 13 e 14 de julho no Circuito dos Cristais, em Curvelo, interior de Minas Gerais.

Confira o resultado completo da corrida 2 e a classificação do campeonato após duas etapas:

Corrida 2
1. E. Favarin/O. Dos Santos (Pro), 17 voltas em 26min35s667
2. R. Sandoval/A. Rabelo (Pro), a 0s848
3. Beto Monteiro (Pro), a 10s229
4. F. Carvalho/W. Ramasauskas (Pro), a 12s350
5. C. Carvalho/Fe. Carvalho (Pro), a 14s897
6. Luciano Viscardi (Super), a 19s334
7. C. Bornemann/L. Bornemann (Pro), a 21s875
8. Diego Augusto (Pro), a 26s341
9. Daniel Nino (Super), a 28s764
10. Tuca Antoniazi (Pro), a 33s321
11. Bruno Testa (Pro), a 42s267
12. Rogerio Motta (Pro), a 44s224
13. Kleber Eletric (Super), a 51s468
14. R. Abbate/F. Andrade (Pro), a 1min03s666
15. Marcelo Zebra (Super), a 1min14s718
16. Eduardo Doriguel (Super), a 1 volta
17. R. Molly/R. Maeda (Super), a 1 volta

Não completaram 75% da prova
18. Matheus Biriba (Super), a 4 voltas
19. Wagner Cardoso (Pro), a 5 voltas
20. Luiz Henrique Santos (Super), a 5 voltas
21. Marcos Ramos (Pro), a 6 voltas
22. Edgar Colamarino (Super), a 10 voltas
23. Luis Antonio Ornelas (Super), a 17 voltas

Pontuação da temporada 2019

Classe Pro
1. Adriano Rabelo, 50 pontos
2. Raphael Abbate e Diego Augusto, 47
4. E. Favarin/O. Dos Santos, 39
5. Beto Monteiro, 32
6. Roger Sandoval, 27
7. Felipe Carvalho, 25
8. Fernando Jr., 23
9. C. Bornemann/L. Bornemann, 21
10. Witold Ramasauskas e Caíto Carvalho, 20
12. Flavio Andrade, 15
13. Fabio Carvalho e Rafael Lopes, 14
15. Wagner Cardoso, 8
16. Tuca Antoniazzi, 6
17. Betão Fonseca, Cesar Fonseca e Marcos Ramos, 4
20. Rogerio Motta, 3
21. Bruno Testa, 2
22. Rafael Iserhard, 0

Classe Super
1. Daniel Nino, 62 pontos
2. Luciano Viscardi, 58
3. Kleber Eletric, 51
4. Edgar Colamarino, 31
5. Marcelo Zebra, 30
6. Luis Antonio Ornelas, 28
7. Luiz Henrique Santos, 20
8. Eduardo Doriguel, 19
9. R. Molly/R. Maeda, 7
10. Matheus Biriba, 6
Mais informações para a Imprensa:
Bruno Vicaria