O RMS Titanic II é um projeto de construção da réplica do navio Titanic. Houve até hoje duas propostas de construção, a primeira anunciada em 2000 e abandonada em 2006 e a segunda proposta em 2012 que foi prevista para ser concluída em 2016. No ano de 2016 a data prevista para conclusão foi adiada para dezembro de 2018.
E em 2018 a data prevista foi adiada novamente pra 2022.

Primeiro projeto (2000–2006)

O sul-africano Sarel Gous propôs a construção do Titanic II em junho de 2000.
Gous afirmou ter os desenhos originais do famoso navio de 269 metros de comprimento. O projeto foi orçado em £500 milhões.
Em 2006 o projeto foi abandonado devido ao seu alto custo e baixo apoio ao projeto.

 

 

Segundo projeto (anunciado em 2012)

Em 30 de abril de 2012, o bilionário australiano Clive Palmer anunciou que formou a empresa Blue Star Line Pty Ltd e que comissionou à CSC Jinling Shipyard na China para construir a mais semelhante réplica do Titanic.
A construção se iniciou em 2013 e a primeira viagem tinha previsão para ocorrer em 2016. O navio deverá ser o mais semelhante possível do antigo Titanic, com exceção de um número maior de botes salva-vidas que o antecessor e de o casco ser ainda mais resistente.
Em março de 2014, com a perda do interesse dos investidores, o projeto começou a ser abandonado. No começo de 2015, os sinais de abandono ficaram mais fortes. No início de março de 2015 foi reportado que nenhum trabalho havia começado no estaleiro determinado.
Em 26 de março de 2015, a marca da Blue Star Line foi listada como “abandonada”. Em setembro de 2015, um porta-voz Palmer disse que o projeto tinha tido apenas um atraso, e que o novo navio será lançado em 2018 -. Dois anos mais tarde do que inicialmente previsto.
A viagem inaugural será de Jiangsu no leste da China para Dubai, nos Emirados Árabes Unidos, seguindo depois para Southampton, no Reino Unido. Fará a partir desta cidade o mesmo percurso que o original entre o Reino Unido e Nova Iorque.

Uma réplica do Titanic – navio que naufragou em 1912, após bater em um iceberg – pode ser lançada ao mar em 2022.

Segundo o New York Times, o barco vai partir de Dubai com rumo à Inglaterra e depois seguirá para os Estados Unidos, seguindo o mesmo trajeto feito pelo navio original.
A réplica receberá o nome de Titanic II e está sendo desenvolvido desde 2012 ao custo de 500 milhões de dólares, cerca de 1, 8 bilhão de reais.
Segundo a publicação, o Titanic II também será cabines separadas da primeira para a terceira classe, salas de jantar e banho turco e até mesmo a grande escadaria que ficou famosa no filme protagonizado por Leonardo DiCaprio e Kate Winslet, em 1997.
O navio também vai transportar quase o mesmo número de passageiros que o original, porém será equipado com 18 botes salva-vidas motorizados, cada um com capacidade para acomodar até 250 pessoas.
Desafiando o universo, a Blue Star Line vai lançar um navio chamado Titanic II com as exatas mesmas proporções do original que naufragou em 12 de abril de 1912. O veículo ainda está sendo fabricado e fará sua primeira viagem em 2022, informa o site oficial da empresa australiana.
Inicialmente, o barco vai traçar uma rota inédita com duração de duas semanas, que vai Dubai até o cais de Southampton, na Inglaterra. Depois disso, o Titanic II vai percorrer o mesmo caminho da navegação original — saindo do Reino Unido e indo até Nova York.Após essa tour de lançamento, o cruzeiro vai passar por várias regiões do mundo fazendo viagens de turismo. Essas regiões ainda não foram especificadas.

A nova embarcação é fabricada na China e está agendada para sair na data que se comemora o aniversário de 110 anos do navio.

O novo Titanic vai ter o mesmo planejamento de cômodos do original e um igual número de pessoas abordo, com 2400 passageiros e 900 membros da tripulação. A única mudança efetiva é o número de botes salva-vidas e a implementação de novos mecanismos de segurança. Quem sabe assim, um novo casal, como Jack e Rose, não precisem dividir o pedaço de madeira para sobreviver.
Não foram divulgadas informações sobre quando os ingressos para o cruzeiro estarão disponíveis e nem o valor de cada pacote.