Semana cheia para Nelsinho Piquet

Semana cheia para Nelsinho Piquet, com a final do GRC em Las Vegas e o ePrix da Malásia

Brasiliense espera ser o primeiro Ford do grid e mira fechar seu melhor ano no rallycross com mais um pódio


De carro elétrico ou 4x4, Nelsinho Piquet tem muito o que acelerar nesta semana. Entre quarta-feira e sábado, o brasiliense disputa duas provas com um oceano entre elas. A jornada começa com a etapa final do Red Bull Global Rallycross Championship em Las Vegas, de onde o campeão mundial da Fórmula E parte diretamente para Putrajaya, palco da segunda etapa da temporada 2 dos carros elétricos, a quase 15 mil quilômetros de distância.

Terceiro em pontos na tabela de classificação do rallycross empatado com o sueco Sebastian Eriksson, Nelsinho não tem mais chance de título –que será decidido entre os carros da Andretti, com Scott Speed e Tanner Foust.

Mas, depois de vencer pela primeira vez no GRC em Washington e do pódio conquistado em Barbados na última etapa, tem como objetivo encerrar o campeonato melhor que o quarto lugar de 2014 e como o primeiro Ford na tabela de pontos.

“A pista é bem grande e me agradou. Acho que temos chance de ganhar aqui se os Volks não tiverem com vantagens enormes. De todo modo, espero lutar ao menos pelo pódio para finalizar a temporada do jeito que começamos em Fort Lauderdale”, diz o piloto do Ford Fiesta ST #07 da SHR Rallycross.

“Saio quarta à noite, para chegar à Malásia algumas horas antes do primeiro treino. Do ponto de vista da logística vai ser um pouco complicado, mas preciso tentar ser o Ford número 1 aqui em Las Vegas”, completou Nelsinho, que já venceu corrida de Nascar na cidade com direito a ultrapassagem na última volta.

O traçado para a etapa final do GRC em Las Vegas tem modificações em relação aos dois últimos anos, com a pista mais longa. A volta completa tem 1,3 km, com o “joker lap” (atalho, de uso obrigatório em uma volta de cada bateria) evitando o salto. O evento tem o formato tradicional do GRC, com duas preliminares, as semifinais, repescagem e a finalíssima com 10 carros. A final está prevista para 2h da madrugada de quinta (pelo horário de Brasília) e terá transmissão ao vivo para o Brasil pelo Red Bull TV: www.redbull.tv

 

GRC – Classificação:
1.Scott Speed 412 pontos
2.Tanner Foust 37
3.Nelson Piquet Jr 351
4.Sebastian Eriksson 351
5.Ken Block 338
6.Patrik Sandell 326
7.Steve Arpin 318
8.Joni Wiman 316
9.Austin Dyne 255
10.Brian Deegan 195

Luis Ferrari

Rally do FOFO irá destinar valor das inscrições ao Instituto Ingo Hoffmann

Solidário, Rally do FOFO irá destinar valor das inscrições ao Instituto Ingo Hoffmann

Prova de regularidade será disputada no dia 19 de dezembro, em Itu
 
Idealizado pelo locutor Marcelo Caiano, o 1º Rally do FOFO é aguardado com muita ansiedade, não só pelos competidores que irão participar da prova no dia 19 de dezembro, em Itu(SP), mas especialmente pelo Instituto Ingo Hoffmann, já que o rali terá caráter solidário, e toda renda obtida com as inscrições será destinada ao instituto, que abriga crianças e seus respectivos familiares em tratamento com o câncer, sendo uma parceria com o Hospital Boldrini, em Campinas.

 A iniciativa de Caiano foi recebida com muita alegria por Ingo Hoffman, presidente do Instituto que leva seu nome, e um dos grandes ídolos do automobilismo nacional. "É de extrema importância (a iniciativa), pois o Instituto vive de doações. A cada ação que reserva algo ao Instituto é muito importante. Fico particularmente muito contente, pois essa é uma ação do ‘meu meio’, ou seja, do automobilismo. Muito bom ver este meio se solidarizando em prol dos mais necessitados", conta.

 Ingo também participará ativamente da prova, com a realização de uma palestra no dia 18 de dezembro para todos os participantes que terão a chance de conhecer algumas histórias do maior vencedor do automobilismo brasileiro, com 12 títulos na Stock Car (76 vitórias e 60 poles). "Em minhas palestras falo um pouco sobre a minha carreira, como começou, as dificuldades que tive. Na segunda parte, abordo tópicos que considero importantes para um piloto ter sucesso, e também uma equipe", explica.

 O Instituto Info Hoffman foi criado em 2006 pelo piloto e conta com um complexo de 30 chalés, que abrigam famílias que estão acompanhando seus filhos em tratamento de câncer no Centro Infantil Boldrini, em Campinas. Segundo o Ingo, desde 2007 quando o instituto passou a abrigar as famílias, até setembro do presente ano, foram beneficiadas cerca de 2600 crianças, e 5000 acompanhantes, somando um total de 7600 pessoas.

 "O Instituto é vizinho do Centro Infantil Boldrini, Hospital que trata as crianças com câncer, e referência mundial. As crianças e seus familiares que vêm ficar conosco são selecionadas pelas assistentes sociais do Boldrini. São levadas em consideração a distância que a família está do lar, o poder aquisitivo e o grau da doença", enfatiza.

 Info finaliza agradecendo a iniciativa de Caiano: "Tanto eu, como todas as famílias que ficam abrigadas conosco ficamos muito sensibilizados e contentes".

 Sob supervisão da Federação de Automobilismo de São Paulo, o Rally do FOFO irá reunir competidores de todo País. As inscrições poderão ser realizadas a partir do dia 3 de novembro no site oficial do evento www.fofoesportes.com.br, - que entrou no ar nesta quarta-feira (28) -, por e-mail O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. ou por telefone (11) 99582-7092. A abertura da secretaria de prova, entrega dos kits e vistoria estão previstos para serem realizados no dia 18 de dezembro.

 O Rally do FOFO tem patrocínio de Troller Trilha 4x4 Campinas, FD Stands e Displays, Terni Elétrica e Hidráulica, Grupo ODA, WE Seguros, Supermercados BH, Santa Mônica Centro Educacional e apoio da TOTEM Apurações. No apoio logístico, a grupo de jipeiros Gardelamas de Itu. A realização é da Fofo Sports, com Supervisão da Federação de Automobilismo de São Paulo.

 

Líder do Brasileiro segue para a penúltima disputa do ano

Líder do Brasileiro, Jérémy Dubois, segue para a penúltima disputa do ano, o Rally Rota Sudeste

Disputa acontece na cidade paulista de São Manuel e o piloto quer garantir o título por antecipação
 
Entre os dias 06 a 08 de novembro, o IX Rally Rota Sudeste, acontecerá na cidade de São Manuel, localizada a 262 quilômetros da capital de São Paulo. O certame faz parte do calendário Brasileiro de Rally Baja e Cross Country e receberá competidores de todas as partes do país, como a equipe SAT Racing. Depois de 12 etapas disputadas do Brasileiro, o piloto Jérémy Dubois, busca o título da competição.

 O piloto de Taubaté (SP) pode sagrar-se campeão da categoria Quadriciclos e, já tem definida a estratégia para o Rally Rota Sudeste. "A concorrência está forte na categoria, mas o quadri está confiável e, agora, tenho que ter a concentração no campeonato e administrar os pontos", contou Jérémy Dubois.

 Dubois só precisa completar a etapa do sábado para levar o título. "A expectativa para a próxima etapa (sábado) é pelo menos terminar o primeiro dia para deixar assegurado o título!", ressaltou o piloto que em 2014 ficou com o vice campeonato da modalidade.

 O IX Rally Rota Sudeste contará pontos para o Campeonato Brasileiro de Rally Baja nas categorias motos, quadriciclos e UTVs, sendo a 13ª e 14ª etapas do calendário. "Já na etapa do domingo, se garantir o resultado no sábado ficarei muito mais tranquilo, a partir disso posso disputar o rali mais solto, arriscando mais a parte mecânica para buscar um ótimo resultado para concluir bem o campeonato. Quero terminar a prova e voltar para casa com a mão no troféu do título", frisa Jérémy que nasceu na França.

 O Rally Rota Sudeste 2015, terá um percurso total de 316 quilômetros de trechos cronometrados, ou seja, cada volta totalizará 158 quilômetros. Segundo a Arena Promoções e Eventos, organizadora do evento, a prova será realmente um verdadeiro rali baja e cross country, com trechos inéditos, tendo como características uma diversidade enorme de terrenos e desafios, além de passagem por paisagens exuberantes.

 "Nunca andei nessa região, então será novidade mais espero encontrar o mesmo tipo de configuração que em Botucatu, o qual corresponde bem com meu estilo de pilotagem e piso que eu gosto", destacou.

 O piloto estará no comando do veículo KTM 525 XC. "O quadriciclo está sendo preparado e arrumado, pois sofreu bastante na última etapa em Santa Catarina. Principalmente na parte elétrica, barra de direção, muitos itens da parte ciclística que foram bastante exigidas no percurso disputado que contou com lama, areia e água", frisou Dubois.

 "Gostaria de agradecer todos que me ajudarem e apoiarem até hoje, minha família meus patrocinadores, apoios. E amigos que acreditem em mim e me incentivem a continuar sempre buscando a fazer o melhor", finalizou.

 O piloto Jérémy Dubois conta com o patrocínio da Prefeitura de Taubaté, Hyundai Power Products, SAT Racing e, com apoio da Bieffe, Fine Art Studio, GaiaMX, Muscleshake, Skill Idiomas, Speed Motos, EMIT e Motul.

Classificação do Campeonato após 12 etapas - Categoria Quadriciclos

1) Jérémy Dubois, 247 pontos
 2) Leonardo Milesi, 209
 3) Osmar Mendonça Junior, 174
 4) Geison Pinheiro Belmont, 172
 5) Milton Martens, 121
 6) Luiz Fernando Melo, 103
 7) Diogo Zonato, 80
 8) João Francisco Del Nero Jr, 46
 9) Fernando Rangel Neto, 32
 10) Caio Vassimon Guidi, 30

Programação do IX Rally Rota Sudeste
 13ª e 14ª Etapas do Campeonato Brasileiro de Rally Baja para Motos, Quadriciclos e UTVs
 São Manuel (SP) - 06 a 08 de Novembro de 2015
Rally Baja
 DI- 5,4 km
 TE- 131 km
 DF-21,56 km
 Abastecimento- km 72
 Total de prova - 157,96 km

06/11 - Sexta feira
 13h30 às 19h00 - Secretaria de Prova
 Recinto Mário Covas
 Rua Plínio Aristides Targa, 419 - São Manuel SP
 14h00 às 18h00 - Recinto Mário Covas
 Vistoria Motos , Quadris e UTV
 Vistoria CBA: Carros e Caminhões
 Local: Recinto Mário Covas
 14h00 às 15h30 - Apresentação Protótipo-T1
- Apresentação Production-T2
- Apresentação Super Production e Pró Brasil
- Apresentação Caminhões
 17h00 - Apresentação 2ª vistoria (com multa - 1 UP)
 20h00 - Briefing (Moto, Quadri e UTV) - Recinto Mário Covas
 20h30 - Briefing (Carros e Caminhões) - Recinto Mário Covas

07/11 - Sábado - 1ª Prova

 7h00 às 7h30 - Secretaria de Prova (Recinto Mário Covas)
 7h00 às 7h30 - vistoria motos , quadris, utv (Recinto Mário Covas)
 8h30 - Largada 1ª Moto no parque de apoio (Recinto Mário Covas)
 9h30 - Largada 1ª Moto na especial.
 10h30 - Largada 1º Carro no parque de apoio (Recinto Mário Covas)
 11h30 - Largada 1º Carro na especial.
 19h00 - Briefing motos, quadris e UTV - (Recinto Mário Covas)
 19h30 - Briefing - carros e caminhões - (Recinto Mário Covas)

08/11 - Domingo - 2ª Prova

 8h00 - Largada 1º moto no parque de apoio (Recinto Mário Covas).
 9h00 - Largada 1º moto na especial.
 10h00 - Largada 1ª carro no parque de apoio (Recinto Mário Covas).
 11h00 - Largada 1ª carro na especial.
 14h30 - Premiação (Recinto Mário Covas)

 

Após pódio na estreia, Lucas di Grassi mira evolução

 

 

Fórmula E faz a segunda etapa da temporada nas ruas de Putrajaya, na Malásia
 
 O circuito de 2.560 metros da cidade de Putrajaya, na Malásia, recebe a segunda etapa da temporada 2015-2016 da Fórmula E. Palco onde, ano passado, Lucas di Grassi fez uma de suas melhores corridas depois de ter largado da 18ª posição para cruzar a linha de chegada em segundo lugar. Na etapa de abertura do campeonato deste ano, em Pequim, o brasileiro da ABT Schaeffler Audi Sport começou bem, também em segundo, mas a uma distância razoável do vencedor Sébastien Buemi, da Renault e.Dams.

 "Foi uma corrida com resultado bom, melhor possível, já que não conseguiríamos lutar pela vitória. Os carros da Renault estão muito rápidos, então para nós acabou sendo um ótimo resultado, começando com o pé direito. Pequim foi uma boa reestreia porque é sempre muito bom abrir a temporada com um pódio. Entretanto, não competimos na Fórmula E para chegar em segundo. Por isso a preparação da equipe começou já na manhã seguinte à corrida na China. Sabemos exatamente onde temos que trabalhar para reduzir a diferença para o time de fábrica da Renault", afirmou o piloto de 31 anos.

 Na temporada em que a grande novidade é a construção própria pelas equipes dos conjuntos do chamado trem de força, composto por motor elétrico e transmissão, algumas equipes se destacaram mais que outras. Claras evoluções por parte de Renault e.Dams, Mahindra, Dragon e também da ABT Schaeffler Audi Sport, equipe defendida por Lucas di Grassi, foram notadas na primeira etapa.

 "A gente conseguiu estar até cinco segundos mais rápidos por volta em comparação à última temporada. É uma evolução muito grande", destacou.

 Por isso, a equipe ABT Schaeffler Audi Sport adiantou os preparativos para a segunda etapa trabalhando, principalmente, na análise dos dados de telemetria tanto do carro de Lucas di Grassi como de seu companheiro de equipe Daniel Abt. O brasileiro espera agora diminuir a diferença que separa seu carro dos de Sébastien Buemi e Nicolas Prost.

 "Vai ser uma briga bem difícil para vencer este campeonato. Acho que até mais difícil que no ano passado, pelo fato de eles (Renault e.Dams) estarem na frente com o carro, mas vamos melhorar e tentar evoluir o máximo para que possamos lutar por vitórias já nesta corrida. Espero que exista uma redução desta diferença entre eles e nós já neste final de semana", diz Lucas.

 O treino classificatório e a corrida serão mostrados ao vivo pelo Fox Sports na madrugada deste sábado (7) às 2h30 e 3h30, respectivamente. A largada acontece às quatro horas da madrugada, no horário de Brasília.

 

 

Euroformula Open: Vitor Baptista é campeão em Barcelona

 

 

 

Paulista de 17 anos conquista título em seu ano de estreia no automobilismo europeu, com 13 pódios, sendo seis vitórias

O Brasil tem mais um campeão no automobilismo internacional. Correndo pela equipe italiana RP Motorsport, o paulista Vitor Baptista conquistou neste domingo (dia 1) seu primeiro título na Europa. O piloto de 17 anos encerrou a etapa final em Barcelona, na Espanha, com mais um pódio na corrida de sábado (terceiro lugar), fechando a última prova em quinto neste domingo.

Mesmo com as vitórias do principal rival, Baptista administrou sua vantagem nas provas finais e encerrou o campeonato com 291 pontos, contra 286 de Konstantin Tereschenko, considerando o descarte obrigatório.

Ao longo da temporada, o brasileiro conquistou 13 pódios, em 16 corridas, sendo seis vitórias (Paul Ricard/Fra, Estoril/Por, Red Bull Ring/Aus, a rodada dupla em Spa/Bel e Monza/Ita), quatro segundos lugares e três terceiros, nas principais pistas do automobilismo mundial, que recebem também a Fórmula 1. O piloto ainda marcou cinco pole positions e seis melhores voltas.

Com muitas vitórias no kart e o título da Fórmula 3 Brasil Light no ano passado, Baptista comemorou mais uma conquista em sua carreira, que já abre novas portas e promete um futuro ainda mais promissor.

O piloto, no entanto, ressaltou as dificuldades que enfrentou ao longo do final de semana na pista espanhola. "Foi o final de semana mais difícil pra gente nesta temporada, pra poder acertar o carro. Esta é uma pista onde o carro da Campos Racing anda muito rápido. Eles têm o direito de poder treinar aqui, assim como Valência, pelo fato da equipe ser espanhola. Então, eles têm um carro muito bem acertado aqui sempre. Por isso, a gente já sabia que ia ter um pouco de dificuldade", explicou Baptista.

"Mas fomos trabalhando, conseguimos chegar num carro mais competitivo e marquei os pontos necessários para ser campeão", comemorou. "Estamos muito felizes com todo o trabalho que foi feito e vamos ver os próximos passos, avaliar as possibilidades para o ano que vem. Queria agradecer bastante à equipe RP Motorsport, que trabalhou de uma forma espetacular, e a todos que me ajudaram ao longo do ano pra chegar até aqui", completou o melhor brasileiro no automobilismo europeu de base em 2015.



Confira os resultados em Barcelona:

Corrida 1

1 Konstantin TERESCHENKO (RUS/Campos Racing) 17 voltas em 29:12.753
2 Yu KANAMARU (JAP/EmiliodeVillota Motorsport) a 0.904
3 Vitor BAPTISTA (BRA/RP Motorsport) a 7.885
4 Daniel JUNCADELLA (ESP/EmiliodeVillota Motorsport) a 9.024
5 Diego MENCHACA (MEX/ Campos Racing) a 11.406
6 Leonardo PULCINI ( ITA/DAV Racing) a 15.675
7 Yarin STERN (ISR/Team West-Tec F3) a 18.872
8 Tanart SATHIENTHIRAKUL (Tha/Team West-Tec F3) a 19.618
9 Damiano FIORAVANTI (ITA/RP Motorsport) a 20.320
10 Ferdinand HABSBURG (AUT/Drivex School) a 23.958

Corrida 2

1 Konstantin TERESCHENKO (RUS/ Campos Racing) 17 voltas em 29min18s276
2 Diego MENCHACA ( MEX/Campos Racing) a 3.659
3 Daniel JUNCADELLA (ESP/EmiliodeVillota Motorsport) a 4.857
4 Ferdinand HABSBURG (AUT/Drivex School) a 6.480
5 Vitor BAPTISTA (BRA/RP Motorsport) a 7.351
6 Yu KANAMARU (JAP/EmiliodeVillota Motorsport) a 8.058
7 Damiano FIORAVANTI (ITA/RP Motorsport) a 12.739
8 Yarin STERN (ISR/Team West-Tec F3) a 16.874
9 Kusiri KANTADHEE (THA/RP Motorsport) a 25.521
10 Tanart SATHIENTHIRAKUL (THA/Team West-Tec F3) a 28.004

Classificação final da Euroformula Open, com o descarte obrigatório (Top 5):
1 Vitor Baptista (Bra) 291 pontos

2 Konstantin Tereschenko (Rus) 286
3 Yu Kanamaru (Jap) 206
4 Tanart Sathienthirakul (Tha) 133
5 Yarin Stern (Isr) 119

Imprensa

Radical Masters Euroseries: Victor Corrêa garante uma vitória e um segundo na Espanha

Campeão isolado em 2013, brasileiro garante vice-campeonato em dupla nesta temporada

Campeão do Radical Masters Euroseries em 2013 correndo sozinho, agora formando dupla o brasileiro Victor Corrêa (Unifenas) garantiu, na Espanha, o vice-campeonato da categoria monomarca dos rápidos protótipos de 420 cavalos de potência. Ao lado do inglês Paddy MacClughan o mineiro conquistou a pole position no sábado (31/10), venceu a penúltima etapa no domingo (01/11), terminou em segundo a prova de encerramento da temporada e no sábado havia abandonado a 14ª etapa que abriu a rodada tripla em Barcelona.

"Foi um resultado bom, fiquei feliz. O vice-campeonato foi o que merecemos. Tivemos alguns problemas durante a temporada, mas conseguimos superar bem e no final foi legal", comemorou Victor Corrêa. O título de 2015 ficou com os ingleses Terrence Woodward/Ross Kaiser. "Eles mereceram ganhar o campeonato. Foram mais consistentes e regulares do que nós, formam uma grande dupla", parabenizou o mineiro de Alfenas.

No sábado (31/10) Victor Corrêa mostrou que é o piloto mais rápido da categoria ao conquistar a sua sexta pole position. "Graças a Deus começamos bem. Minha margem para o James Swift foi mínima, de apenas quatro milésimos de segundo, mas garanti o ponto de bonificação. O bom é que os meus principais adversários (Woodward/Kaiser) foram um segundo mais lento, o que demonstra que estamos mais competitivos que eles. Vamos pra luta e ver no que vai dar", comentou na ocasião. Infelizmente, com problema nos freios, Corrêa/MacClughan abandoram a primeira prov da rodada dupla, deixando a vitória para Woodward/Kaiser.

Na manhã de domingo (01/11), no entanto, Victor Corrêa e o inglês venceram a 15ª etapa do certame continental, com 31s289 de vantagem sobre a dupla Alain Costa (Mônaco)/Johan Scheier (França).

"Foi muito legal. Felizmente desta vez deu tudo certo. O Paddy andou bem e não cometeu erros e eu consegui recuperar bem no meu turno. Já deviamos ter vencido a mais tempo, mas de qualquer maneira é bom chegar ao final da temporada comemorando vitória", declarou o representante do sul de Minas Gerais.

Pela primeira vez Victor Corrêa correu em dupla, e durante a temporada trocou de companheiro de equipe. Nas dez primeiras corridas ele fez dupla com o veterano o inglês John Harrison e nestas últimas seis provas correu ao lado do jovem MacClughan.

"Foi uma experiência diferente e que me acrescentou outro aprendizado, ainda mais por ter trocado a dupla. Então foi um ano realmente diferente e gratificante, que me estimula a continuar na minha caminhada no automobilismo", encerra o piloto da Unifenas.

Os seis primeiros na 15ª etapa foram: 1) Victor Corrêa (Brasil)/Paddy MacClughan (Inglaterra), 33 voltas em 1h01min51s021; 2) Alain Costa (Mônaco)/Joan Scheier (Suiça), a 31s289; 3) Terrence Woodward/Ross Kaiser (Inglaterra), a 37s655; 4) Marcello Marateotto /Marco Cencetti (Itália), a 1min33s343; 5) Andy Cumminghs (Inglaterra), a 1min43s107; 6) Jeremy Ferguson/Andrew Ferguson (Inglaterra), a 1 volta.

Os seis primeiros na 16ª e última etapa foram: 1) James Swift (Inglaterra), 32 voltas em 1h00min06s437; 2) Victor Corrêa (Brasil)/Paddy MacClughan (Inglaterra), a 1s874; 3) Alain Costa (Mônaco)/Johan Scheir (França), a 2s267; 4) Terrence Woodward/Ross Kaiser (Inglaterra), a 15s600; 5) James Winslow/John Corbett (Austrália), a 1min01s636; 6) Jaap Bartels (Holanda)/Stuart Moseley (Inglaterra), a 1min18s074.

 

Victor Corrêa conquista sexta pole position

 

 

 

 

Vice-líder, brasileiro começa a tirar a diferença de 34 pontos garantindo o ponto de bonificação pela posição de honra. Corrida as 9 horas poderá ser acompanhada online e ao vivo pelo Youtube. Veja os links abaixo

Vice-líder e piloto mais rápido do Radical Masters Euroseries, o brasileiro Victor Corrêa (Unifenas) está fazendo a lição de casa na busca pelo seusegundo título euripeu no automobilismo. Na manhã deste sábado (31/11) ele conquistou a sua sexta pole position, desta vez para a 14ª etapa, que abre a última e decisiva rodada tripla do certame monomarca em Barcelona, na Espanha. Os líderes Terrence Woodward/Ross Kaiser largam da quinta posição dogrid de 20 protótipos com 420 hp de potência.

A prova deste sábado (8h45) poderá ser acompanhado pelo link http://livetiming.alkamelsystems.com/circuitcat/, com imagens transmitidas ao vivo pelo Youtube (https://www.youtube.com/watch?v=SfxMs0fquQ8), a partir das 8h45.

"Graças a Deus começamos bem o dia. Minha margem para o (James) Swift foi mínima, de apenas quatro milésimosde segundo, mas garanti o ponto de bonificação. O bom é que os meus principais adversários foram um segundo mais lento, o que demosntrar que estamos mais competitivos. Vamos pra luta e ver no que vai dar", confia o mineiro de Alfenas, sul de Minas Gerais. Victor Corrêa computa 331 pontos, e agora precisa somar 34 pontos a mais do que Woodward/Kaiser depois das três corridas para garantir o título que já havia arrebatado em 2013. São 124 pontos em jogo.

Cronograma do Radical European Master Championship (horário de Brasília):
Sábado - 31/10
9h00 - 14ª etapa - 1 hora
Domingo - 01/11
7h35 - 15ª etapa - 1 hora
12h30 - 16ª etapa - 1 hora

Pontuação dos 15 primeiros da Radical Masters Euroseries após 13 etapas: 1) Terrence Woodward/Ross Kaiser (Inglaterra), 365 pontos; 2) Victor Corrêa (Brasil)/John Harris (Inglaterra), 331; 3) Alain Costa (Mônaco), 292; 4) Jaap Bartels (Holanda)/Stuart Moseley (Inglaterra), 267; 5) Manhal Allos (Inglaterra), 255; 6) Jeremy Ferguson/Andrew Ferguson (Inglaterra), 195; 7) James Swift (Inglaterra), 179; 8) Chris Hyman (África do Sul)/Alex Mortimer (Inglaterra), 176; 9) Chris Hoy (Inglaterra), 154; 10) Jamie Patterson /Alex Kapadia (Inglaterra), 151; 11) James Abbott (Inglaterra), 121; 12) Jean Gandar (França), 105; 13) Philippe Muffat/Johan Scheier (França), 81; 14) Ozzy Yusuf (Inglaterra), 49; 15) John Corbett/Jamie Winslow (Austrália), 48 pontos.

Assista a transmissão das corridas ao vivo pelo Youtube:
Corrida 1 - Sábado (8h45): https://www.youtube.com/watch?v=SfxMs0fquQ8
Corrida 2 - Domingo (7h20): https://www.youtube.com/watch?v=oSabb5mNL88
Corrida 3 - Domingo (12h15): https://www.youtube.com/watch?v=yLdsa5_BXr0
Acompanhe a cronometragem online das três corridas: http://livetiming.alkamelsystems.com/circuitcat/

Pesquisar