Mercedes-Benz Challenge: emocionante, etapa de Interlagos

Mercedes-Benz Challenge: emocionante, etapa de Interlagos esquenta briga pelos dois títulos

- Adriano Rabelo vence de forma surpreendente na CLA e se aproxima do líder Fernando Jr.
- Na C 250, os três primeiros na tabela estão separados por apenas quatro pontos
 - Rabelo se emociona ao vencer em Interlagos: "Hoje realizei um sonho de menino"
- Decisão dos dois títulos ficou para a etapa final, dia 13 de dezembro, também em São Paulo, valendo pontuação dobrada

 Com vitórias da dupla Marcos Paioli/Peter Gottschalk, na categoria C 250 Cup, e de Adriano Rabelo, na CLA AMG Cup, o Mercedes Benz-Challenge realizou em Interlagos (SP) a sétima etapa da temporada, corrida que foi disputada no mesmo dia do Grande Prêmio Petrobras do Brasil de Fórmula 1. Ao todo, a prova contou com 40 veículos: 22 CLA 45 AMG Racing Series e 18 C 250 Sport.

 A disputa na CLA AMG Cup foi intensa do início ao fim, e acabou sendo definida nos últimos metros. O atual campeão da categoria, Arnaldo Diniz, liderou boa parte da prova, mas quando caminhava para sua primeira vitória neste ano, foi obrigado a abandonar por falta de combustível, a poucos metros da linha de chegada.

 O abandono de Diniz deixou o caminho livre para a terceira vitória do cearense Adriano Rabelo, que disputa, ponto a ponto, o título da temporada com o gaúcho Fernando Jr. "A emoção foi muito grande quando o Diniz parou, bem na subida que antecede a reta do box, por que meu esforço do final de semana foi enorme, eu estava merecendo a vitória", disse Rabelo. "Para falar a verdade, ganhar uma corrida no mesmo evento da Fórmula 1 é um sonho, com um público desses e um pódio como o que tivemos aqui. Experimentei aqui momentos que poucos podem ter na vida. Hoje, eu realizei um sonho de menino", completou o Cearense Voador.

 Na largada, o paulista Cesare Marrucci tomou a dianteira do pole e líder do campeonato, Fernando Júnior. A seguir, o piloto gaúcho também perdeu mais posições e chegou a estar em oitavo. No último terço de prova, no entanto, ele recuperou o bom ritmo e foi subindo na classificação, até terminar na segunda posição. "Foi uma boa corrida. Gostaria de ter vencido, claro, mas fizemos o que foi possível", disse o piloto. "Tomei muitos toques de outros concorrentes e tive que defender muito na largada. Fiz ainda a melhor volta da prova. O (vencedor Adriano) Rabelo tirou três pontos da nossa vantagem, mas ainda restam doze. Vamos à luta. Tem mais uma etapa que vai decidir tudo e nós vamos brigar pelo título", avaliou o líder.

 Com o resultado, Fernando Jr. passou a somar 114 pontos, contra 102 de Adriano Rabelo. Como a etapa de encerramento da temporada, marcada para o dia 13 de dezembro novamente em São Paulo, terá pontuação dobrada, inúmeras combinações de resultado podem definir o campeão. Fernando Jr. depende apenas de seus próprios resultados, o que significa que ficará com o título caso termine a prova à frente de seu principal adversário. Já Rabelo, o único que pode tirar o campeonato do piloto de Santa Cruz do Sul, precisa vencer e torcer para que o gaúcho não passe da quarta posição.

 A etapa paulista marcou o primeiro pódio de Fernando Amorim na CLA AMG Cup. Mesmo largando em 16o em razão de um erro no acerto do carro para o treino de classificação, ele recebeu a bandeirada em terceiro. "O automobilismo é um esporte cheio de emoções de todos os tipos. Comecei a temporada dividindo o carro com meu filho. Nesta etapa corri sozinho e prometi um pódio para o pessoal lá de casa. Mantive a confiança na conquista de um bom resultado e não me desmotivei. O bom conhecimento que tenho da pista de Interlagos ajudou, apesar da pista ter mudado um pouco. Mesmo assim, o conhecimento dos pontos onde se deve poupar mais os freios e outros aspectos técnicos foi fundamental", comentou Amorim.

Paioli domina C 250 -  Já a prova da C 250 Cup apresentou menos alternativas. O domínio demonstrado pela Paioli Racing nos treinos livres e, principalmente, na tomadas de tempo para o grid, se manteve durante a corrida. A ponto de os líderes não terem sido incomodados em nenhum momento da competição. Pole da categoria, a dupla Marcos Paioli/Peter Gottschalk venceu com dez segundos de vantagem para Peter Michel Gottschalk, o segundo colocado - dando os dois primeiros lugares para o time paulista.

 Apesar de não ter representado mais uma vitória na carreira de Michel, o segundo lugar obtido neste domingo permitiu a ele assumir a liderança do campeonato, com apenas dois pontos de vantagem para a dupla Luiz Sena Jr./Cleiton Campos (99 a 97). A briga direta pelo título não se resume a eles, já que o capixaba Betinho Sartório aparece logo a seguir na tabela, com 94 pontos. Ao menos matematicamente, os oito primeiros colocados da C 250 Cup têm chances de ficar com o título.

 Quem não foi a Interlagos poderá ver a prova deste domingo no próximo dia 22 de novembro, no canal BandSports, a partir das 10h. Valendo pontuação dobrada, a oitava e última etapa da temporada 2015 do Mercedes-Benz Challenge entrega 40 pontos para o vencedor e será no dia 13 de dezembro, também em Interlagos. Confira os resultados de hoje:
 1) Adriano Rabelo (Cordova Motorsports - CLA), 25 voltas
 2) Fernando Junior (WCR - CLA), a 3.869
 3) Fernando Amorim (Fiolux RSports Racing - CLA), a 7.619
 4) Cristian Mohr (RSports Racing - CLA), a 8.992
 5) Neto De Nigris (De Nigris/Europamotors - CLA), a 13.220
 6) Thiago Viana (VB Motorsport - CLA), a 17.436
 7) Carlos Kray (CKR Racing - CLA), a 20.936
 8) Marcelo Hahn/C.Hahn (Blau Motorsport - CLA), a 23.135
 9) Pierre Ventura (CKR Racing - CLA), a 38.612
 10) Fernando Poeta (Sul Racing - CLA), a 46.426
 11) Betão Fonseca (Center Bus Sambaiba Racing - CLA), a 59.632
 12) Danilo Pinto (Scuderia 111 - CLA), a 1:19.255
 13) Claudio Dahruj/Otavio Mesquita VB Motorsport - CLA), a 1:21.108
 14) Cesare Marrucci (Cordova Motorsports - CLA), a 1:25.166
 15) Paulo Totaro (Scuderia 111 - CLA), a 1:28.009
 16) Arnaldo Diniz Filho (Comark Racing - CLA), a 1 volta
 17) Marcos Paioli/Peter Gottschalk (Paioli Racing ¬- C250), a 1 volta
 18) Peter Michel Gottschalk (Paioli Racing - C250), a 1 volta
 19) Max Mohr (RSports Racing - C250), a 1 volta
 20) Flavio Andrade (Hot Car Competições - C250), a 1 volta
 21) Mauricio Lund/Alberto Cattucci (Hot Car Competições - C250), a 1 volta
 22) Betinho Sartório (Paioli Racing - C250), a 2 voltas
 23) Beto Rossi/Alline Cipriani (Divena Racing/RSports Racing - C250), a 2 voltas
 24) Christian Germano (Center Bus Sambaiba Racing - C250), a 2 voltas
 25) Marcio Basso (Center Bus Sambaiba Racing - C250), a 2 voltas
 26) Luiz Sena Jr/Cleiton Campos (WCR - C250), a 2 voltas
 27) Claudio Simão/Vinicius Simão (Center Bus Sambaiba Racing - C250), a 2 voltas
 28) A. Papazissis/A.Camacho (RSports Racing - C250), a 2 voltas
 29) Leo Jr/Lucca de Nigris (De Nigris/Europamotors - C250), a 3 voltas
 30) C Eduardo Placucci/C.A.Guilherme (Center Bus Sambaiba Racing - C250), a 4 voltas
 31) Roberto Santos (Della Via Racing Team - C250), a 5 voltas
 32) Aymam Darwich (RSports Racing - C250), a 5 voltas
 33) Lorenzo/Paulo Varassin (Cordova Motorsports - CLA), a 6 voltas
 34) Fernando Fortes (Sul Racing - CLA), a 17 voltas
 35) Richard Heidrich/Armin Kliewer (Center Bus Sambaiba Racing - C250), a 19 voltas
 36) Theo de Nigris/Thiago de Nigris (De Nigris/Europamotors - C250), a 20 voltas
 37) Luiz Carlos Ribeiro (Mottin Racing - CLA), a 22 voltas
 38) Cesar Fonseca (Center Bus Sambaiba Racing - CLA), a 22 voltas
 39) Peter Ferter (LT Team - CLA), a 24 voltas

 Com estes resultados, a nova classificação é esta:
CLA AMG Cup
 1) Fernando Junior, 114
 2) Adriano Rabelo, 102
 3) Cristian Mohr, 71
 4) Pierre Ventura, 61
 5) Neto De Nigris, 56
 6) Cesare Marrucci, 51
 7) Carlos Kray, 48
 8) Arnaldo Diniz Filho, 39
 9) Fernando Fortes, 37
 10) Roger Sandoval, 37
 11) Peter Ferter, 35
 12) Fernando Amorim, 34
 13) Claudio Dahruj, 33
 14) Marcelo Hahn, 29
 15) Fernando Poeta, 28
 16) Luiz Carlos Ribeiro, 27
 17) Cesar Fonseca, 27
 18) Betão Fonseca, 21
 19) Victor Amorim, 19
 20) Guilherne Daudt, 13
 21) Danilo Pinto, 13
 22) Jose Vitte, 10
 23) Thiago Viana, 10
 24) Rodney Felicio, 9
 25) Otavio Mesquita, 9
 26) Christian Hahn, 8
 27) Paulo Totaro, 8
 28) Lorenzo/Paulo Varassin, 6


C 250 Cup
 1) Peter Michel Gottschalk, 99
 2) Luiz Sena Jr/Cleiton Campos, 97
 3) Betinho Sartório, 94
 4) Marcos Paioli/Peter Gottschalk, 87
 5) Christian Germano, 69
 6) Marcio Basso, 67
 7) Max Mohr, 60
 8) Flavio Andrade, 60
 9) Beto Rossi, 52
 10) Claudio Simão, 38
 11) Edson Ferreira, 36
 12) Roberto Santos, 25
 13) Theo De Nigris, 20
 14) Thiago De Nigris, 20
 15) Mauricio Lund, 19
 16) Bruno Mesquita, 17
 17) Alline Cipriani, 16
 18) Alberto Cattuci, 11
 19) Carlos Alberto Guilherme, 7
 20) Vinicius Simão, 5
 21) A.Papazissis/A.Camacho, 4
 22) Roberto Cirino, 3
 23) Leo Jr/Lucca de Nigris, 3
 24) C. Eduardo Placucci, 2
 

Pesquisar