Bentley Continental GT3 pode ganhar versão homologada para as ruas

O Bentley Continental GT3, apresentado no Salão de Paris recentemente, parece ter feito sucesso. Rumores dão conta de uma possível produção de uma versão do bólido homologado para andar nas ruas. A edição seria limitada a 300 unidades produzidas entre 2014 e 2015. O modelo, caso se confirme a informação, ocuparia uma posição similar à do Continental Supersports na gama da Bentley e utilizaria tração integral como todos os Continental atuais, ao invés do sistema de tração traseira da versão de competição.
 
Ainda sem dados concretos, especula-se que o motor seja um W12 6.0 litros com possíveis 700 cv de potência. No entanto, o novo motor V8 4.0 biturbo também é uma possibilidade. O modelo GT3 de corrida marca o regresso da fabricante britânica as competições, principalmente as de longa duração como as 24 Horas de Le Mans, na França.
 
Fonte - AutoMotor/Portugal

OBS: O novo supercarro pode aparecer nas pistas no Brasil em 2013.

Equipe Mit Rio Lobo Guará é a grande campeã da Mitsubishi Cup

Agora sim eles podem comemorar. Depois de sete etapas disputadas, o piloto Marcelo Mendes e o navegador Deco Muniz encerraram a temporada 2012 no primeiro lugar do pódio da categoria L200 Triton ER Máster

 
27 de outubro de 2012 - Enfim, chegou o dia tão esperado pela equipe Mit Rio Lobo Guará, do piloto Marcelo Mendes e do navegador Deco Muniz. Neste sábado, 27, em Poços de Caldas, MG, off-roaders de diversas regiões do Brasil se encontraram para a grande decisão do campeonato 2012. Foram sete etapas disputadas, sete cidades diferentes e milhares de emoções vividas.
O rali no Sul de Minas teve um total de 75 quilômetros percorridos em um roteiro que exigiu braço dos pilotos e muita precisão dos navegadores. Sessenta e uma duplas adentraram este circuito que teve inúmeras curvas - destaque para as de 90 graus e cotovelos. "Para andar no tempo ideal e concorrer a vitória foi preciso ter consistência na pilotagem, se errasse em uma saída de curva atrapalhava a entrada da outra, e consequentemente, perda de segundos preciosos", esclareceu Muniz.
A dupla acelerou forte e ocupou o terceiro lugar nesta 7ª etapa, que teve um trajeto com muitas referências. "Foi o tempo inteiro informando o piloto dos obstáculos que vinham pela frente, sendo que a exatidão nesta comunicação foi fundamental para a conquista de cada segundo. O trajeto foi bem técnico e exigiu ousadia... Frear em cima da curva e fazê-la com o motor cheio pediu experiência e habilidade", explicou.
Foram cinco vitórias ao longo do ano, o que confirma o amadurecimento e o rápido entrosamento de Mendes e Muniz. "Travamos uma disputa extremamente acirrada com o José Hélio e o Weidner Moreira; a cada prova, a diferença entre nossos tempos ficavam nos décimos de segundos. Essa rivalidade foi importante, pois nos incentivava a melhorar cada vez mais... Não pudemos relaxar um minuto sequer, do contrário, seriamos 'engolidos' por eles", afirmou.
 
Com direito a torcida, a Mit Rio Lobo Guará comemorou muito a conquista do título de 2012. "Agradecemos o apoio e confiança de nossos patrocinadores, pois este sonho só foi realizado graças a oportunidade que eles nos deram de representá-los dentro das trilhas. Desempenhamos nosso papel com esmero, sempre pensando em retribuir a chance obtida", reconheceu Mendes.

Agora, o time começa a traçar planos para 2013!
 

Classificação da 7ª etapa - Poços de Caldas, MG
 
Categoria L200 Triton ER Máster
 
1º José Hélio Rodrigues e Weidner Moreira, 44 pontos
 2º Gustavo Rodrigues Xavier e Neurivan Calado, 39 pontos
 3º Marcelo Mendes e Deco Muniz, 39 pontos
 4º Felipe Ewerton Cesar da Silva e Rodrigo Mello, 35 pontos
 5º Perterson Oliveira e Gilson Rocha, 35 pontos


Classificação geral do campeonato 2012-10-27
 
Categoria L200 Triton ER Máster
 
Piloto
 
1º Marcelo Mendes, 210 pontos
 2º José Hélio Rodrigues, 200 pontos
 3º Lucas Moraes, 165 pontos
 4º Gustavo Rodrigues Xavier, 161 pontos
 5º Peterson Silva de Oliveira, 159 pontos
 
Navegadores
 
1º Deco Muniz, 209 pontos
 2º Weidner Moreira, 200 pontos
 3º Filipe Bianchini de Oliveira, 150 pontos
 4º Eduardo Bampi, 149 pontos
 5º Gilson Rocha, 145 pontos
 

A Equipe Lobo Guará é patrocinada pela Concessionária Mit Rio, Suprema Faculdade de Ciências Médicas e da Saúde de Juiz de Fora, Térmica Embalagens para Alimentos, Almar Imóveis, Construtora Cortes Alvim, Mendes & Mendes Ferro e Aço

Dupla Moro/Bragantini leva Honda Civic à pole da Copa Petrobras de Marcas

Abertura da sexta rodada dupla da temporada será neste domingo às 10h45. Segunda prova está marcada para às 13h20. Briga entre as cinco marcas promete muita emoção.
Viamão (RS) - A dupla formada pelos pilotos Juliano Moro e André Bragantini (Honda Civic), garantiu a pole position para a abertura da Copa Petrobras de Marcas, marcada para este domingo às 10h45 no Autódromo de Tarumã, Rio Grande do Sul. Juliano Moro, que fez a volta mais rápida, completou os 3.039 metros da pista gaúcha em 1min08s565, média de 159,56 km/h. A segunda corrida da sexta rodada dupla da temporada acontece domingo às 13h20.
 
Grid de largada deste domingo às 10h45.
 1) Moro/Bragantini (Honda Civic), 1min08s565
 2) Felipe Gama (Honda Civic), 1min08s710
 3) Diego Nunes (Toyota Corolla XRS), 1min08s758
 4) Gustavo Martins/Vilson Jr., 1min08s762
 5) Denis Navarro (Toyota Corolla XRS), 1min09s047
 6) Ricardo Maurício (Honda Civic), 1min09s269
 7) Felipe Maluhy (Mitsubishi Lancer GT), 1min09s271
 8) Thiago Marques (Toyota Corolla XRS), 1min09s595
 9) Vitor Meira (Ford Focus), 1min09s665
 10) Ricardo Zonta (Toyota Corolla XRS), 1min09s762
 11) Fábio Fogaça (Mitsubishi Lancer GT), 1min09s898
 12) Vicente Orige (Chevrolet Cruze), 1min09s899
 13) Serafin Jr. (Ford Focus), 1min10s296
 14) Fábio Carbone (Mitsubishi Lancer GT), 1min10s10s360
 15) Galid Osman/Felipe Lapenna (Chevrolet Cruze), 1min636
16) Leandro Romera/Fernando Fortes (Chevrolet Cruze), 1min10s831
 17) Wilson Pinheiro (Ford Focus), 1min11s003
 18) Claudio Capparelli (Chevrolet Cruze), 1min12s120
 19) Carlos Padovan (Mitsubishi Lancer GT), 1min12s337
 20) Marcelo Lins (Ford Focus), 1min14s007
 
A Copa Petrobras de Marcas é uma realização da Vicar Promoções Desportivas, com supervisão da Confederação Brasileira de Automobilismo (CBA). A Petrobras assina a competição, que tem patrocínio de Pirelli e apoio de Ecopads, Fremax, Lubrax, Motec e Transzero.
 

Mini Max Rotax: Thiago Lopez vence espetacularmente em Granja Viana

Apesar do maior número de vitórias, garotinho foi vice-campeão
Com uma espetacular ultrapassagem na última volta, pela sexta vez consecutiva na temporada o pequeno Thiago Lopez (Kapci Coatings/Mega Cores/Reex) recebeu a bandeirada de chegada na primeira posição na categoria Mini Max Rotax, que teve a 10ª e última etapa na Copa São Paulo de Kart Granja Viana disputada no último sábado (27/10), em Cotia (SP).
"Achei a corrida muito legal. Perdi a pole position por apenas 33 milésimos de segundo, então, fiquei só estudando a melhor hora e lugar pra passar o Yuri (Oliveira) na corrida. Por isso comemorei bastante, pois venci muitas corridas neste ano", vibrou o garoto de apenas 10 anos de idade, que novamente estabeleceu a volta mais rápida da prova.
No entanto, não bastou receber a bandeirada em primeiro em seis das 10 etapas. Em virtude de nuances no regulamento desportivo da Copa São Paulo de Kart Granja Viana, Thiago Lopez teve que se contentar com o vice-título da categoria. Vencendo três corridas, Caio Collet foi o campeão.

"O vice não muda nada pra mim. Eu gosto é de ganhar muitas corridas e isso eu consegui. No ano que vem tem mais...", comentou o "maduro" pilotinho, que somou 270 pontos, apenas sete a menos que o campeão.
 
"O que chama a atenção nele é o jeito que ele encara o negócio, com alegria, mas com muita seriedade e concentração. Nos momentos difíceis ele consegue superar as adversidades e nos surpreende e dá uma lição", destacou Vitor Chiarella, preparador e chefe da equipe Kapci Coatings/Mega Cores/Reex/Kart Zoom.
 
O pai do garoto, Marcelo Oliveira, viu uma grande temporada de seu primogênito, que também conquistou o vice-campeonato Open de Kart da categoria Cadete. "Foi um degrau que ele conseguiu subir com diversão e confiança. Ele é dedicado, combativo e mereceu tudo o que conquistou até agora".
 
Os seis primeiros na última etapa da Copa São Paulo de Kart Granja Viana foram:
 1) Thiago Lopez, 14 voltas em 12min27s652 (média de 77,263 km/h);
 2) Yuri Oliveira, a 0s197;
 3) Caio Collet, a 1s673;
 4) Duda Naves, a 3s498;
 5) Cameron Boedler, a 8s038;
 6) Rafael Reis, a 8s810.
 
Os seis primeiros no campeonato da Mini Max Rotax foram:
 1) Caio Collet, 277 pontos;
 2) Thiago Lopez, 270;
 3) Duda Naves, 258;
 4) Yuri Oliveira, 255;
 5) Cameron Boedler, 252;
 6) Rafael Reis, 250.
 

Nelsinho Piquet é segundo colocado em Martinsville na Nascar Truck Series

Brasileiro obtém seu melhor resultado em pista curta e avança uma posição no campeonato
Nelsinho Piquet foi o melhor entre os pilotos regulares da Nascar Truck Series na corrida de Martinsville.
O brasileiro largou em quarto, passou as 200 voltas da prova dentro do top-10 e terminou a 19ª etapa da categoria em segundo lugar, atrás apenas do experiente Denny Hamlin, um dos candidatos ao título da Sprint Cup em 2012 (está em terceiro lugar no Chase).

"Estou muito contente com minha evolução em pista curta. Acho que enfim descobri como é correr em Martinsville e encontrei o jeito de mergulhar por dentro para ganhar posição aqui. É claro que não foi uma vitória, mas um segundo lugar aqui, atrás apenas de um piloto da Cup e com várias equipes da Nationwide de olho é um grande resultado", afirmou Piquet Jr após a prova.
 
Ele agora avançou uma posição no campeonato, saltando para o sétimo lugar com 626 pontos. De quebra o dono da picape #30 ganhou o prêmio de melhor piloto da corrida e o "most improved award", conferido ao competidor que mais melhora em relação à corrida imediatamente anterior.
 
Prevista para 200 voltas, a segunda prova da temporada no oval mais curto da Nascar (pouco mais de 800 metros de extensão) foi bastante acidentada. Ao todo sete bandeiras amarelas interromperam a corrida, exigindo dos competidores muita atenção nas relargadas.
 
O Chevrolet Silverado #30 esteve bem colocado na maioria delas. Piquet Jr soube disputar as posições por fora. Mas sempre buscou reassumir a linha interna após finalizar as ultrapassagens. Assim, o brasileiro oscilou pouco dentro do pelotão durante a corrida. Ele orbitou o grupo do top-5 ao longo da prova inteira.
 
"Estava um pouco preocupado por causa do posicionamento na pista. Depois que fiz o quarto tempo na tomada, fiquei otimista. Sabia que seria fundamental ficar a corrida no bloco da frente e conseguimos fazer isso", disse Nelsinho, que estreou um novo chassi da equipe Turner na corrida.
 
O segundo lugar de Martinsville foi o sétimo top-5 do piloto brasileiro na temporada da Truck Series e seu 12º top-10 em 19 corridas no ano.
 
"Não é segredo para ninguém o tanto que nós sofremos aqui no ano passado e realmente fico muito feliz por ter evoluído em Martinsville. É uma corrida com brigas acirradas pelas posições, às vezes com bastante contato", avaliou Nelsinho.
 
Nas primeiras 50 voltas da corrida, o brasileiro trabalhou para conservar pneus e freios, uma vez que as curvas praticamente planas e bastante fechadas do circuito da Virgínia são as que mais exigem do sistema de frenagem dos carros.
 
Com isso, ele conseguiu economizar o equipamento para atacar no final. Na volta 178, o Chevrolet Silverado #30 relargou em sétimo e avançou duas posições até a volta 186, quando a rodada de um adversário motivou a última bandeira amarela da tarde.
 
Piquet Jr então foi beneficiado pela passagem nos boxes de Kevin Harvick e relargou em quarto na volta 193.

Após assumir a terceira posição na volta 195, o brasileiro travou dura batalha com a picape #22, de Joey Coulter. Finalmente, depois de uma série de toques entre os dois, a picape de Nelsinho levou a melhor e abriu distância na volta final, evitando o ataque do adversário antes da bandeira quadriculada.
 
"Foi uma corrida bem tática: economizei quando tinha que economizar e assumi os riscos no final quando foi preciso", resumiu o piloto.
 
A próxima etapa da Nascar Truck Series está marcada para 2 de novembro, no oval de 1,5 milha do Texas.
 

Resultado da corrida (top-10)
 1. Denny Hamlin
 2. Nelson Piquet Jr.
 3. Joey Coulter
 4. Matt Crafton
 5. Scott Riggs
 6. James Buescher
 7. Timothy Peters
 8. Ryan Blaney
 9. Parker Kligerman
 10. Brian Scott
 
Classificação no campeonato
1. J. Buescher 716
 2. T. Dillon 695
 3. T. Peters 691
 4. P. Kligerman 680
 5. J. Coulter 670
 6. M. Crafton 664
 7. N. Piquet Jr. 626
8. J. Lofton 618
 9. J. Sauter 573
 10. M. Paludo 568
 

Sobre a Nascar Truck Series
 
A Nascar Camping World Truck Series é uma das três categorias de abrangência nacional da Nascar e é disputada desde 1995 por picapes em provas que acontecem apenas em pistas ovais.

Atualmente, há quatro fornecedoras de caminhonetes para a categoria: Chevrolet, Ford, Dodge e Toyota. A temporada de 2011, vencida por Austin Dillon, foi disputada por mais de 40 pilotos. As corridas tiveram, em média, 33 mil pagantes.
 
A temporada de 2012 terá 22 provas. Começou em Daytona e termina em 16 de novembro, em Homestead (Miami).


Sobre a Nascar
 
Fundada em 1948 por William Henry Getty France, a Nascar (National Association for Stock Car Auto Racing) é a mais tradicional categoria do automobilismo nos Estados Unidos. É a competição profissional líder em público pagante e segunda colocada em termos de audiência na TV americana.

Ela possui três categorias de disputas nacionais, além de inúmeras outras em divisões locais, que configuram a base da cultura do automobilismo competitivo nos EUA.
 
A principal categoria é a Nascar Sprint Cup Series, que tem 36 provas ao longo do ano. O atual campeão é Tony Stewart.
 
A outra divisão da Nascar é a Nascar Nationwide Series, que teve sua temporada inaugural em 1982. Seus carros são bastante parecidos com o da Cup, só que com potência inferior. Neste ano, Nelsinho Piquet corre algumas provas dessa categoria pela equipe Turner. Foi nesta divisão que ele obteve a primeira vitória de um brasileiro nas categorias nacionais da Nascar, em Road America.

Velopark recebe quinta etapa do Mercedes-Benz Grand Challenge neste fim de semana

Elf SuperBike, das motos de 1.000cc, completa a programação na pista gaúcha

O Autódromo Velopark, em Nova Santa Rita, Rio Grande do Sul, receberá neste fim de semana a quinta etapa da temporada 2012 do Mercedes-Benz Grand Challenge. Na briga pelo título, os campeões de 2011, João Campos e Márcio Campos, da Sicredi Racing, com 137 pontos, vem na liderança da competição. Fernando Jr, da WCR, com 101 aparece em segundo e Neto de Nigris, da De Nigris Europamotors, em terceiro com 94. Além dos Mercedes C250 Turbo, público gaúcho poderá acompanhar de perto a quinta etapa do Elf SuperBike e as motos de 1.000cc mais velozes do país.

 

Piloto mais experiente da dupla, João Campos espera manter a vantagem na competição. "No ano passado tivemos dificuldades com o acerto do carro no Velopark, tanto que saímos apenas na quinta posição e não vencemos. Neste ano teremos 30kg de lastro de graduação no carro o que pode ser crucial, já que o nosso mais próximo concorrente, o Fernando Jr, não terá peso extra algum. Vamos brigar e estamos muito felizes com o resultado do trabalho de todo o time no início do campeonato", destaca.

 

Filho de João, Márcio ressalta o apoio que terão das arquibancadas. "Vamos ter no Velopark o apoio da torcida da Sicredi. Serão mais de 1.000 pessoas no local, o que será importante já que nosso principal adversário será o Fernando Jr, não só por estar mais próximo na briga como também por conhecer muito bem a pista, que é complicada e bem travada", encerra Márcio Campos. Jogando o favoritismo de volta, Fernando Jr acredita que o fim de semana será difícil.

 

"Eu imagino que não só eu, como a dupla João e Márcio, o Cesare Marrucci e o Neto De Nigris são os principais concorrentes na briga pela vitória, mesmo assim não podemos menosprezar os outros pilotos, o nível é alto e por isso acredito que nada esteja definido. Eu conheço bem a pista, mas outros competidores também. A pista é travada, acredito que o desgaste de pneus seja baixo e espero que seja um bom fim de semana para mim", declara.

 

"Meu objetivo vai ser conseguir diminuir bem a diferença para os líderes, embora matematicamente seja até possível ultrapassá-los. O João e o Márcio vem fazendo um grande campeonato, assim como outros pilotos, por isso acredito que será um fim de semana bem difícil", encerra Fernando. Quarto colocado na tabela de pontos, Cesare Marrucci, com 91, espera se recuperar após uma etapa difícil no Rio de Janeiro, em julho.

 

"Eu vinha em uma boa sequência no campeonato conquistando bons resultados, porém a disputa é muito apertada e um mau resultado, como o que tive no Rio de Janeiro, acaba prejudicando bastante, mas acredito que ainda nada esteja definido", diz o piloto, lembrando que ainda existem 160 pontos em disputa no restante da temporada. "O Velopark é uma pista moderna, curta, e gosto bastante dela", encerra o piracicabano da equipe Centerbus.

 

As duas corridas do fim de semana no Velopark, válidas pela quinta etapa da temporada 2012 do Mercedes-Benz Grand Challenge terão a companhia do Elf SuperBike, também em sua quinta jornada do ano, complementando a programação para apaixonados por velocidade em diferentes formatos. A transmissão do campeonato com os Mercedes C250 Turbo será da RedeTV na prova do domingo (28), além do PortalGT.com.br, que também leva os carros para os quatro cantos do país no sábado (27).

 

Programação Velopark:

 

SEXTA-FEIRA, 26 DE OUTUBRO DE 2012

08h30 - 09h10: Treino Livre 1 - Elf SuperBike - GA

09h15 - 09h55: Treino Livre 1 - Elf SuperBike - GB

10h25 - 10h50: Treino Livre 2 - Elf SuperBike - GA

10h55 - 11h20: Treino Livre 2 - Elf SuperBike - GB

12h00 - 12h40: Treino Livre 1 - Mercedes-Benz Grand Challenge

13h15 - 13h40: Treino Livre 3 - Elf SuperBike - GA

13h45 - 14h10: Treino Livre 3 - Elf SuperBike - GB

14h25 - 15h05: Treino Livre 2 - Mercedes-Benz Grand Challenge

15h20 - 15h45: Treino Livre 4 - Elf SuperBike - GA

15h50 - 16h15: Treino Livre 4 - Elf SuperBike - GB

 

SÁBADO, 27 DE OUTUBRO DE 2012

09h00 - 09h40: Treino Livre 3 - Mercedes-Benz Grand Challenge

09h55 - 10h15: Classificação 1 - Elf SuperBike - GA

10h20 - 10h40: Classificação 1 - Elf SuperBike - GB

10h55 - 11h10: Classificação - Mercedes-Benz Grand Challenge

12h10 - 12h30: Classificação 2 - Elf SuperBike - GA

12h35 - 12h55: Classificação 2 - Elf SuperBike - GB

13h33 - 14h03: Corrida 1 - Mercedes-Benz Grand Challenge

14h15 - 14h35: Classificação 3 - Elf SuperBike - GA

14h40 - 15h00: Classificação 3 - Elf SuperBike - GB

15h15 - 15h25: Super Pole - Elf SuperBike

 

DOMINGO, 28 DE OUTUBRO DE 2012

08h30 - 08h45: Warm-up - Elf SuperBike

09h00 - 09h15: Warm-up - Mercedes-Benz Grand Challenge

09h30 - 10h20: Visitação aos Boxes

10h57 - 11h27: Corrida - Elf SuperBike

12h08 - 12h38: Corrida 2 - Mercedes-Benz Grand Challenge

13h00 - 15h00: Voltas Promocionais

Mercedes-Benz Grand Challenge abre segunda metade da temporada no Velopark

João e Márcio Campos contam com apoio de torcida organizada, mas preveem dificuldades para manter vantagem na liderança

O Mercedes-Benz Grand Challenge dará início à segunda metade da temporada de 2012 neste fim de semana no Autódromo Internacional Velopark, em Nova Santa Rita (RS). A nona e a décima etapa serão disputadas sábado (27) e domingo (28), com 18 carros no grid. Os pilotos vivem a expectativa de uma decisão de título em ritmo forte, com as oito últimas corridas distribuídas no calendário de eventos em um intervalo de 51 dias.

 

A liderança do campeonato é da dupla que conquistou o título em 2011. João Campos, representante da cidade de Itapema, defende a equipe Sicredi Racing ao lado do filho Márcio Campos, da cidade gaúcha de Farroupilha. Eles venceram seis das oito corridas realizadas até agora e voltam ao Velopark com 36 pontos de vantagem sobre o vice-líder gaúcho Fernando Júnior – ainda há 160 pontos em jogo nas oito últimas corridas da temporada.

 

O item do regulamento desportivo que faz aumentar o peso mínimo dos carros dos primeiros colocados nas etapas, em uma fórmula proporcional aos resultados verificados, preocupa João. “Vamos ter 30 quilos de peso extra, isso vai ser crucial, principalmente porque o Fernando, nosso principal adversário, não carrega o lastro”, lembra. “No ano passado, tivemos 50 quilos de lastro no Velopark. Agora são 30, que também comprometem bastante”.

 

Márcio entende que as características do circuito de 2.278 metros torna ainda maior o efeito do “lastro de sucesso”. “A pista tem muitas curvas de baixa e trechos que exigem uma boa retomada de velocidade. É uma pista travada, complicada”, define o piloto de 25 anos. “O Fernando conhece melhor a pista, ele treina e corre muito lá nas etapas do Gaúcho de Marcas. Como ele não tem o lastro, a condição dele acaba sendo melhor que a nossa”, avalia.

 

A dupla vai contar no Velopark com o apoio da torcida organizada do Banco Sicredi. “Serão mais de 1.000 colaboradores do Sicredi incentivando e torcendo, o que sempre nos dá uma energia a mais”, depõe Márcio. “Estamos muito felizes com o resultado do trabalho na primeira parte do campeonato, e o trabalho é para mantermos a vantagem”, acrescenta João. A dupla tem apoio de Icatu e Mapfre, seguradoras parceiras da Corretora de Seguros do Sicredi.

 

Após oito das 16 etapas previstas no calendário, já aplicado o descarte obrigatório do pior resultado de cada piloto na primeira metade do campeonato, a classificação do Mercedes-Benz Grand Challenge é a seguinte:

 

1º) Márcio Campos/João Campos (RS/SC), Sicredi Racing, 137

2º) Fernando Júnior (RS), WCR, 101

3º) Neto de Nigris (SP), De Nigris-Europamotors, 94

4º) Cesare Marrucci (SP), CenterBus-Petrobras, 89

5º) Léo de Nigris (SP), De Nigris-Europamotors, 75

6º) José Fernando Amorim Júnior (SP), Fiolux Motorsports, 52

7º) Rubens Tilkian (SP), Scuderia 111, 51

8º) Beto Rossi (SP), CenterBus-Petrobras, 49

9º) Michelle de Jesus/Sergio Martinez (SP/SP), Pink Energy Team, 47

10º) Carlos Kray (RS), CKR Competições, 44

11º) Peter Michael Gottschalk (SP), Paioli Racing, 40

12º) Renato Camargo (SP), De Nigris Europamotors, 38

13º) Luiz Zappelini/Rafael Zappelini (SC/SC), Rodoerre Racing, 36

14º) Arnaldo Diniz Filho (SP), Scuderia 111, 33

15º) Humberto Santos/Alexandre Papazissis (SP/SP), RSports, 32

16º) Marcos Paioli (SP), Paioli Racing, 29

17º) Peter Gottschalk Júnior (SP), Paioli Racing, 24

18º) Peter Michael Gottschalk (SP), Paioli Racing, 18

19º) Rodrigo Miguel (RS), WCR, 17

19º) Edson Júnior (SP), RSports, 17

21º) Roberto Santos (SP), Della Via, 16

22º) Betão Fonseca (SP), CenterBus-Petrobras, 15

23º) Roberto Maggi (SP), CenterBus-Petrobras, 6

24º) Jorge Tamake/Paulo Yamamoto (SP), Paioli Racing, 2

Pesquisar