Primeira etapa do Rally Dakar tem dia de Sertões

 

"Foi um bom aquecimento, literalmente”, comentou o brasileiro Jean Azevedo, da Honda Racing Rally Team, ao terminar a primeira etapa do Rally Dakar 2014. Neste domingo, os 174 pilotos de moto tiveram pela frente pouco mais de 800 quilômetros de percurso, sendo 180 de trechos de velocidade. “Foi um dia que lembrou bastante o Rally dos Sertões por ser bem travado com poeira, em serras, além de bastante sinuoso. Foi cansativo, pois contando com os deslocamentos, ficamos muito tempo em cima da moto e o calor por aqui está bem forte”, acrescentou.

Segundo Jean, a única diferença em relação ao Rally dos Sertões, competição no qual é pentacampeão entre as motocicletas, foi a falta de navegação. “Aqui as pistas estavam bem fechadas, como se estivéssemos num baja, já que tinha bastante público durante a especial e a organização delimitou os locais para segurança de todos”, contou.

Nesta primeira etapa o brasileiro ficou com a 25ª posição. “Agora no acampamento temos que fazer mais alguns ajustes na suspensão da moto. Em trechos como os de hoje a suspensão acabou ficando dura, embora em locais de alta velocidade ela fica melhor. Isso faz parte do rali”, acrescenta o piloto que está em sua 16ª participação no Dakar. O espanhol Joan Barreda Bort foi o mais rápido do dia.

Amanhã o Rally Dakar trará mais velocidade aos competidores. “Já sabemos que teremos uma especial rápida, mas com dunas no final”, completou o brasileiro. A prova segue até o dia 18 de janeiro, após 8.734 quilômetros de percurso, sendo 5.228 quilômetros de trechos cronometrados (especiais) para as motos. A chegada será em Valparaíso, no Chile.

Resultados das motos na primeira etapa (05 de janeiro)
1º Joan Barreda Bort – 2h25min31s;
2º Marc Coma – 2h26min08s;
3º Cyril Despres – 2h27min11s;
25º Jean Azevedo – 2h36min12s.

Confira abaixo como será a etapa de amanhã
Etapa 2: San Luis – San Rafael (Argentina)
Segunda-feira, 6 de janeiro
Deslocamento: 365 quilômetros
Especial: 359 quilômetros

Características: a especial mais rápida do Dakar trará um pouco de dunas. E não serão nada fáceis, principalmente nos últimos 100 quilômetros com a passagem pelas dunas cinzas de Nihuil. Segundo os organizadores do rali, a etapa será um verdadeiro teste para os competidores.

O piloto Jean Azevedo faz parte da Equipe Honda Racing Rally Team e conta com o patrocínio da CCR NovaDutra/Prefeitura de São José dos Campos, Fazenda Real, Metzeler, Avante (www.avante.com.vc), Bieffe e Inmarsat.

Assessoria de Imprensa do piloto Jean Azevedo
Ana Carolina Vieira

 

*Crédito da foto: Idário Café/VIPCOMM

BMW Sports Trophy Team Brasil pronto para o desafio final da FIA GT Series no Azerbaijão

A 6ª e última etapa do ano será realizada em circuito urbano, nas ruas de Baku

O último desafio do BMW Sports Trophy Team Brasil na temporada 2013 da FIA GT Series acontecerá neste final de semana, nos dias 23 e 24, no circuito de rua montado na cidade de Baku, na capital do Azerbaijão. Na 6ª e última etapa de rodada dupla, o time brasileiro contará com sua formação original, já que a mudança da data da etapa final não coincide mais com outras disputas em solo nacional. A programação começa no sábado, com os treinos livres. No mesmo dia, está programado o treino classificatório. No domingo, ocorrem as duas corridas que encerram a temporada. O canal SporTV transmite a segunda prova ao vivo às 7 horas (de Brasília).

A categoria anunciou a presença de 30 carros no grid de Baku, fato que deve deixar as disputas para lá de eletrizantes. Além da definição do título entre as duplas de pilotos, ainda está em jogo o campeonato por equipes, no qual o BMW Team Brasil ocupa o terceiro lugar, com 94 pontos e busca um bom resultado, para encerrar de forma positiva o seu ano de estreia na FIA GT Series.

O carioca Cacá Bueno analisa positivamente a realização de uma corrida em pista de rua. "É um circuito novo e interessante e em um lugar completamente inusitado para nós brasileiros. É uma pista de rua que será novidade para todo mundo, e talvez isso seja positivo para gente, pois não é um circuito europeu tradicional, em que as equipes de lá estejam acostumadas e a gente não. Um circuito de rua tem sempre um pouco do imponderável, e tomara que nosso carro se apresente bem lá", analisou Bueno.

O piloto, que divide a condução da BMW Z4 #0 com Allam Khodair, acredita que em Baku o time deve manter o desempenho e a evolução apresentada ao longo da temporada. "Passamos perto do pódio em algumas vezes. Na Eslováquia, na Espanha. E até mesmo na França, na primeira etapa, não ficamos tão longe. Tivemos alguns pequenos azares que nos tiraram muitos pontos. Mas de forma geral, nossa evolução foi boa durante a temporada. Sem dúvida nenhuma, Baku será uma corrida especial e difícil, porque deve ter mais de 30 carros no grid, é etapa a final. Não podemos prometer o pódio, mas garantimos que vamos trabalhar para dar continuidade à evolução, para que possamos terminar entre os três primeiros no campeonato por equipes, o que seria um bom resultado para um primeiro ano. Lógico que a gente esperava mais do que isso, mas sem dúvida conquistar o top-3 seria positivo para essa nossa primeira temporada fora de casa", concluiu o pentacampeão da Stock Car.

Allam Khodair, que gosta de circuito de rua, acredita em uma etapa bem acirrada. "Particularmente gosto muito de circuitos de rua. Minha primeira vitória em carros foi nesse tipo de circuito. Achei muito legal a mudança de data, pois fizemos toda a temporada, e a meu ver, perderíamos a etapa principal, que será a estreia do circuito de rua de Baku. Como 30 carros estão confirmados, e com a chegada de grandes equipes de fábrica, que vem de outros campeonatos, acredito que será um final de semana bem competitivo", disse o Japonês Voador.

O paulista espera por um bom desempenho, mas sabe que o elenco brasileiro não terá vida fácil. "Vamos ver como a pista vai se encaixar ao nosso carro. Espero que bem. Será mais difícil, pois teremos muito mais carros. Nesta temporada não conseguimos fazer nenhum treino extra, e nem trabalhar muito no conjunto carro/motor. Mas, foi uma vitória termos conseguido fazer todo o campeonato, já que decidimos participar no final do ano passado. E, dependendo de como a BMW se comportar no circuito de rua, acredito que teremos chances de brigar pelo pódio", enfatizou.

Sérgio Jimenez, que terá a volta do companheiro Ricardo Zonta, também está animado. "Fico contente que o Ricardo esteja de volta. Vínhamos em um ritmo bom de trabalho. Agora, é continuar esse trabalho. Estou feliz que poderemos disputar a etapa final, pois assim temos a chance de concluir o campeonato que começamos. Esperamos que o carro se adapte bem ao circuito de rua. Mais uma vez, vamos a uma etapa sem conhecer a pista e sem saber como o carro se comportará. Mas, vamos trabalhar para estarmos competitivos", considerou o piloto da BMW Z4 #21.

Jimenez também comentou sobre o campeonato de equipes. "Vamos lutar para ficarmos entre os três primeiros na disputa por equipes. O que, sem dúvida, seria excelente para um time 100% brasileiro, disputando sua primeira temporada na Europa, em um campeonato mundial", destacou o representante do time, natural de Piedade, no interior de São Paulo.

De volta à equipe, Ricardo Zonta avalia os desafios de um circuito de rua. Ele também acredita em um bom resultado na briga entre as escuderias. "Será bastante difícil. Os treinos no simulador, para conhecer e aprender sobre a pista, são fundamentais. Além disso, a corrida sempre tem várias ultrapassagens e alguns toques, e circuito de rua não admite erros. Por isso, a atenção é ainda maior. Mas, estamos trabalhando muito para evoluir ainda mais, e conquistar um bom resultado no campeonato de equipes", comentou o paranaense.


Sábado, dia 23 de novembro
3h00 às 4h20 - Treino Livre 1
5h55 às 7h15 - Treino Livre 2
10h15 às 11h15 - Treino Classificatório (definição do grid Corrida Classificatória)

Domingo, dia 24 de novembro

2h30 às 2h50 - Warm up
3h15 às 4h15 - Corrida Classificatória (resultado define o grid da Corrida Principal)
7h00 às 8h00 - Corrida Principal

Classificação do Campeonato (Categoria Pro Cup) - após cinco etapas (dez corridas):

1. S.Ortelli/L.Vanthoor (Belgian Audi Club Team WRT Audi R8 LMS), 101
2. F.Stippler/E.Sandstrom (Belgian Audi Club Team WRT Audi R8 LMS), 96
3. Mayr-Melnhof (Team WRT Audi R8 LMS), 75
4. R.Rast (Team WRT Audi R8 LMS), 63
5. S. Loeb /A. Parente (Sebastien Loeb Racing / McLaren MP4-12C), 63
6. Alon Day (HTP Gravity Charouz / Mercedes SLS AMG), 63
7. A.Zuber/M.Parisy (Sebastien Loeb Racing McLaren MP4-12C), 61
8. M. Buhk (HTP Gravity Charouz / Mercedes SLS AMG GT3), 53
9. S. Rosina (Blancpain Reiter Lamborghini LP560-4), 39
10. C. Bueno / A. Khodair (BMW Sports Trophy Team Brasil/BMW Z4), 37
S. Jimenez (BMW Sports Trophy Team Brasil/BMW Z4), 37
15. R. Zonta (BMW Sports Trophy Team Brasil/BMW Z4), 29
19. A. Abreu (BMW Sports Trophy Team Brasil/BMW Z4), 8

Para mais informações da equipe acesse:
www.bmwteambrasil.com.br
Facebook: facebook.com/bmwteambrasil
Twitter: twitter.com/bmwteambrasil

Imprensa
FGCom

Marketing
HUB-LUB

Fernando Júnior e Ênio Wermuth faturam o Campeonato Gaúcho de Marcas & Pilotos 2013 Final de semana no Autódromo de Tarumã ainda contou com as últimas etapas da Copa Fusca, da Fórmula Júnior e da Fórmula 1.6/1.8

 

Em um dia de muito sol e velocidade no Autódromo de Tarumã, a dupla formada pelos pilotos Fernando Júnior e Ênio Wermuth Júnior conquistou o Campeonato Gaúcho de Marcas & Pilotos. A etapa final da competição ocorreu neste domingo (17/11) em Viamão. O porto-alegrense Rodrigo Miguel terminou na frente dos adversários nas duas baterias do dia. Porém, o desempenho do piloto não superou a dupla de Santa Cruz em pontos.

- Corremos dentro do regulamento o ano inteiro e agora somos campeões. Hoje a gente só levou o carro até o final, sem precisar forçar muito, pois o campeonato já estava praticamente decidido - comemorou o piloto Fernando Júnior, que correu a primeira bateria do dia no carro número 6.

 Os resultados da categoria A do Marcas & Pilotos ainda podem sofrer alterações, pois o campeonato está sob judice. Rodrigo Miguel garantiu o vice-campeonato do Marcas & Pilotos 2013. O piloto do carro número 85 aguarda decisão judicial para tentar faturar o título da competição.

- As vitórias nas baterias de hoje foram muito boas. O carro estava bom e a equipe trabalhou bem o ano todo. Estou confiante para um possível título no campeonato ainda - declarou Miguel.

 O gaúcho Victor Matzenbacker, de 15 anos, que já havia conquistado o Campeonato Gaúcho da Fórmula Júnior na etapa do dia 20 de outubro em Tarumã, subiu o pódio e comemorou o título neste domingo. Gabriel Robe e Lucas Alves garantiram a segunda e a terceira colocação no pódio da Fórmula Júnior, respectivamente.

 Na Fórmula 1.6/1.8, o piloto Fernando Stédile recebeu o troféu neste domingo. Ele também já havia garantido a primeira colocação durante a 7º etapa. Na Copa Fusca, o campeão foi o piloto Moacir Fighera, de Santa Maria.

PlayPress Assessoria de Imprensa

Salustiano e Monteiro voltam a formar primeira fila do grid na F-Truck Piloto paulista da ABF Racing Team conquista pole em Guaporé com vantagem de cinco centésimos de segundo sobre o líder do campeonato

 

Paulo Salustiano obteve neste sábado (12) sua segunda pole-position na temporada 2013 do Campeonato Brasileiro de Fórmula Truck. O paulista da ABF Racing Team foi mais rápido nas duas fases do treino classificatório que definiu no Autódromo Internacional Dr. Nelson Luiz Barro, em Guaporé (RS), as posições de largada para o GP Aurélio Batista Félix, oitava e antepenúltima etapa. A corrida será disputada no início da tarde deste domingo (13).

 A primeira fase do treino classificatório, em que os pilotos vão um a um à pista, transcorreu com pista seca. A chuva fina chegou ao autódromo logo após as sequências de voltas lançadas dos 24 pilotos participantes. Diante disso, a direção de prova determinou condição de chuva para o Top Qualifying, dando às equipes dos oito classificados prazo de 20 minutos para a troca dos pneus dos caminhões – o uso de pneus para pista molhada é obrigatório.

 Salustiano, mais rápido no treino classificatório com tempo de volta de 1min25s961 no asfalto seco, conquistou a pole-position cobrindo o traçado de 3.080 metros em 1min38s270 na pista molhada. Ele foi apenas 51 milésimos de segundo mais veloz que o pernambucano Beto Monteiro, da Scuderia Iveco, líder da temporada, que larga em segundo. Eles repetem a primeira fila do grid da etapa anterior, disputada em setembro na pista argentina de Córdoba.

“Acho que o segredo para essa pole foi ser um dos primeiros a sair para a pista no Top Qualifying. O (Djalma) Fogaça estava logo à minha frente na fila, eu passei por ele e tratei de buscar a volta rápida logo de cara”, falou o pole-position. “Desde o começo a pista estava muito molhada, muito escorregadia, a tensão era grande. Eu preferia que não fosse com chuva, mas o caminhão está muito rápido. É a chance de a gente reagir na luta pelo título”, acrescentou.

 Monteiro confessou-se surpreso com a primeira fila do grid. “Não achei, honestamente, que nosso caminhão fosse render tão bem no molhado, ficou até melhor que no seco. É importante largar na frente aqui, o equipamento está bem competitivo e uma vitória é sempre bem-vinda, mas vou pensar mesmo é em administrar a vantagem no campeonato”, falou o pernambucano, que está 14 pontos à frente do vice-líder paranaense Leandro Totti, quinto no grid.

 Vindo de uma vitória em Cascavel e uma segunda posição em Córdoba, Felipe Giaffone vai largar em terceiro com o MAN número 4 da RM/MAN Latin America. “Esse foi um treino bastante exigente, uma parte no seco e outra no molhado. Largando da segunda fila eu tenho condição de brigar pelo primeiro lugar desde o começo da corrida”, comentou. “Não estou na disputa pelo título, então não tenho motivo para ser conservador. Vou para cima”, falou.

 Único representante gaúcho na categoria, Régis Boessio, que foi pole-position em Guaporé no ano passado, vai alinhar o Mercedes-Benz da ABF Desenvolvimento Team em quarto. “Um quarto lugar muito bom, por sinal. O meu caminhão está competitivo, acho que posso ganhar essa corrida. Estou com um caminhão ganhador nas mãos”, falou o piloto, que está em sexto na classificação do campeonato. Em 2012, ele foi ao pódio em segundo lugar.

 Totti, titular do Volkswagen número 73 da RM/MAN Latin America, sabe que terá de adotar uma estratégia oposta à de Monteiro. “Estou largando ali do bolo e preciso ganhar a corrida para manter o plano do bicampeonato. Não tem outra opção, vou para cima desde o começo”, comentou o paranaense, quinto no grid. “Para nós, treino e corrida na pista seca seria muito melhor, ainda não temos um acerto tão bom para chuva, mas é a situação que temos”.

O GP Aurélio Batista Félix, neste domingo, terá transmissão ao vivo em HD pela Rede Bandeirantes, a partir das 13h. O grid definido pelos tempos de volta das tomadas de tempo classificatórias em Guaporé foi o seguinte:

Top Qualifying
 1º) Paulo Salustiano (SP/Mercedes-Benz), ABF Racing Team, 1min38s270
 2º) Beto Monteiro (PE/Iveco), Scuderia Iveco, 1min38s321
 3º) Felipe Giaffone (SP/MAN), RM Competições-MAN Latin America, 1min38s531
 4º) Régis Boessio (RS/Mercedes-Benz), ABF Desenvolvimento Team, 1min38s565
 5º) Leandro Totti (PR/MAN), RM Competições-MAN Latin America, 1min38s597
 6º) Djalma Fogaça (SP/Ford), 72 Sports/Ford Racing Trucks, 1min38s937
 7º) André Marques (SP/MAN), RM Competições-MAN Latin America, 1min39s725
 8º) João Marcos Maistro (PR/Volvo), Clay Truck Racing, 1min40s162
Treino classificatório
 9º) Alberto Cattucci (SP/Volvo), ABF/Volvo, 1min27s161
 10º) Leandro Reis (GO/Scania), Original Reis Competições, 1min27s220
 11º) Alex Caffi (ITA/Iveco), Dakarmotors, 1min27s243
 12º) Valmir Benavides (SP/Iveco), Scuderia Iveco, 1min27s275
 13º) Adalberto Jardim (SP/MAN), RM Competições-MAN Latin America, 1min27s278
 14º) Geraldo Piquet (DF/Mercedes-Benz), ABF Santos, 1min27s306
 15º) Rogério Castro (GO/Volvo), ABF/Volvo, 1min27s347
 16º) Wellington Cirino (PR/Mercedes-Benz), ABF Santos, 1min27s367
 17º) Diogo Pachenki (PR/Mercedes-Benz), ABF Racing Team, 1min28s181
 18º) Jansen Bueno (PR/Volvo), DB Motorsport, 1min28s383
 19º) Luiz Lopes (SP/Iveco), Lucar Motorsports, 1min28s956
 20º) Débora Rodrigues (SP/MAN), RM Competições-MAN Latin America, 1min29s071
 21º) Raijan Mascarello (MT/Ford), 72 Sports/Ford Racing Trucks, 1min29s706
 22º) Ronaldo Kastropil (SP/Scania), Ticket Car Corinthians Motorsport, 1min30s837
 23º) Edu Piano (SP/Ford), Território Motorsport, 1min31s562
 24º) Roberval Andrade (SP/Scania), Ticket Car Corinthians Motorsport, sem tempo
Média do 1º: 112,831 km/h

CLASSIFICAÇÃO
 Após sete etapas, a classificação do campeonato é: 1º) Monteiro, 104 pontos; 2º) Totti, 90; 3º) Piquet, 84; 4º) Salustiano, 78; 5º) Cirino, 75; 6º) Boessio, 71; 7º) Giaffone, 62; 8º) L. Reis, 59; 9º) Benavides, 58; 10º) Andrade, 46; 11º) Pachenki, 40; 12º) Marques, 37; 13º) Fogaça, 32; 14º) Maistro, 30; 15º) Jardim, 28; 16º) Cattucci, 24; 17º) Castro, 22; 18º) Caffi, 21; 19º) Bueno, 18; 20º) Rodrigues e Kastropil, 17; 22º) Muffato, 15; 23º) J. Reis, 13; 24º) Piano, 12; 25º) Lopes, 10; 26º) Mascarello, 3.
 

Pistili é pole em Curitiba Grid de largada da Syder Race está definido. Corrida acontece neste sábado (12) às 16h35

A manhã do dia das crianças começou com o treino classificatório da 7ª Etapa do Campeonato Interestadual de Spyder Race 2013 SP/PR e a 2ª Etapa da Copa Pirelli Spyder Race 2013 PR/SP, que acontecem no Autódromo Internacional de Curitiba, em Pinhais, neste fim de semana. Com o tempo de 1min24s189, Sergio Wilson Pistili (P1) cravou a pole e largará na frente na corrida de abertura, que será realizada na tarde deste sábado (12). Henrique Assunção José (P1) fez o tempo de 1min24s812 e largará em segundo, seguido por Cesar Bonilha, que fez 1min27s068.

 "Toda pole é muito boa e sempre bem-vinda. O carro estava bom, ontem também fiz o melhor tempo nos dois treinos e largar na frente é uma consequência de tudo. Dei uma escapada na última volta, vamos ver se não danificou nada do carro para a corrida deste domingo. Os pneus estragaram, terei que largar com pneus velhos na corrida de amanhã. É a terceira vez que ando em Curitiba. Gosto daqui. É uma pista que parece fácil, mas é traiçoeira, as áreas de escape são muito perto da pista, se você errar não volta", avalia o piloto do carro #151.

 Henrique Assunção, do carro # 75, cometeu um erro no segundo treino desta sexta-feira e acabou escapando no final da reta. "Isso prejudicou a carenagem e suspensão do carro. A equipe trabalhou até tarde e conseguiu colocar o carro no lugar. Mas fico preocupado com a situação do carro após uma quebra como esta. Mas hoje o carro estava bem, mas estava com algum problema na parte traseira que me impedia de fazer a curva da vitória, que é a parte mais importante deste circuito. Isso impossibilitou que diminuísse mais o tempo. Mas a expectativa para a corrida de hoje é largar bem, me manter na pista e não tocar em ninguém para fazer uma prova bonita", explica o piloto.

 Cesar Bonilha, mais conhecido como Cesinha, é chefe de equipe da Cesinha Competições e explica que foi para a pista no lugar de Marcelo Campagnolo que não pode comparecer. "A expectativa é boa, o carro está bem. Trouxe três carros para a etapa, mas como o Marcelo não pode participa peguei o carro e fui direto para o classificatório. Farei o melhor para representar bem o piloto e a equipe", explica Cesinha, que correrá com o carro #5, que está chegando a 215 Km/h no fim da reta.

 Na categoria P2, o melhor classificado no grid foi o piloto Carlos de Souza, com o tempo de 1min28s663. Já na P3, dos estreantes, o paulista Ricardo Kastropil foi o mais rápido, com 1min29s907.

 É a primeira vez que Ricardo corre em Curitiba de carro. O piloto já havia competido no circuito, anteriormente, de moto. "A equipe está me entregando um carro muito competitivo, já acertaram todo o setup do carro e isso me ajudou demais para desenvolver o carro na classificação e chegar na pole da minha categoria. No primeiro treino estava com marcha errada, freada errada. Mas agora já peguei o jeito da tocada e estou mais confiante para as corridas", esclarece Ricardo.

 A primeira corrida do final de semana acontece neste sábado às 16h35 e a segunda no domingo (13), às 13h55. O acesso às arquibancadas é gratuito e no mesmo final de semana junto com a Spyder Race acontece o Campeonato Paranaense de Turismo 5000, Marcas, Turismo e Sprint Race.

 O Campeonato Interestadual de Spyder Race 2013 SP/PR e a 2º Etapa da Copa Pirelli Spyder Race 2013 PR/SP tem patrocínio de Pirelli, Scorro, Corsa, RedCoil e SuaInternet.com. Realização da PW1 Eventos Esportivos e Supervisão da Federação Paranaense de Automobilismo.

Resultado classificatório

P1
 Sergio Pistili - 1min24s189
 Henrique Assunção José - 1min24s812
 Cesar Bonilha - 1min27s068

P2
 Carlos de Souza - 1min28s663
 William Daluisio - 1min35s421
 Petter Januário - 1min37s872

P3
 Ricardo Kastropil - 1min29s907
 Carlos Silva - 1min30s335
 Peter Junior - 1min31s664

PROGRAMAÇÃO

SÁBADO - 12/10/2013

 1ª Prova - Spyder Race
 16:35 Largada (30 minutos)
 17:10 - PÓDIO: TURISMO/ MARCAS/ TURISMO 5000/ SPYDER RACE

DOMINGO - 13/10/2013

 08:30 - 08:40 Tomada de Tempo - Sprint Race - 1ª Prova
 08:50 - 09:00 Tomada de Tempo - Sprint Race - 2ª Prova
 2ª Prova - Turismo 5000
 09:25 Largada (20 minutos + 2 voltas)
 2ª Prova - Marcas
 10:15 Largada (30 minutos + 2 voltas)
 1ª Prova - Sprint Race
 11:05 Largada (23 minutos + 1 volta)
 2ª Prova - Turismo
 11:55 Largada (30 minutos + 2 voltas)
 12:40 - 13:30 ALMOÇO / PÓDIO: TURISMO 5000/ MARCAS/ TURISMO
 2ª Prova - Spyder Race
 13:55 Largada (30 minutos)
 2ª Prova - Sprint Race
 14:40 Largada (23 minutos + 1 voltas)
 15:10 - PÓDIO: SPYDER RACE / SPRINT RACE

Próximas etapas do Spyder Race:

 11, 12 e 13 de outubro - Curitiba (PR)
 22, 23 e 24 de novembro - Londrina (PR)
 20, 21 e 22 de dezembro - Interlagos (SP)


Rally dos Bandeirantes: Willem e Doris, líderes do Brasileiro, concluem em terceiro no primeiro dia

A dupla da Codipar Racing, Willem e Doris van Hees (#334 Troller) participam juntos pela quarta vez do Rally dos Bandeirantes, que acontece neste final de semana no Vale do Paraíba, interior paulista. No primeiro dia da 11ª edição da competição que teve passagem por trilhas da região, a dupla concluiu com o tempo de 02h43min34s, garantindo a 3ª colocação na categoria Production. À tarde, o casal van Hees participou do Super Prime (circuito de aproximadamente 2 quilômetros) para o público que esteve presente ao Parque da Cidade, em São José dos Campos.

 "Um percurso sensacional, muito bem planejado. Na primeira especial não fizemos muito bem, eu não estava muito confiante. Já na segunda volta consegui forte e baixamos os tempos com relação a primeira. O carro está bem preparado, chegou tranquilo e está pronto para mais um dia do rali e defender a nossa liderança no Brasileiro de Rally Cross-country na categoria Production (T2)", contou Willem.

 Otimista Doris aposta no bom desempenho da equipe. "Nossa estratégia será manter a calma, sem cometer erros e realizar uma prova redonda. Vamos verificar se toda a revisão está certa, depois claro, tentar obter um bom resultado, mas o mais importante agora é focar no campeonato", ressaltou a navegadora.

 O 11º Rally dos Bandeirantes, continua neste domingo e terá etapa dividida em duas partes, totalizando com 150 quilômetros, passando pelas cidades de São José dos Campos, Taubaté e Caçapava. E, contará com serras, variedade de pisos, muitas curvas, subidas e descidas. As disputas prosseguem a partir das 08h e a cerimônia de encerramento será 16h30.

 O evento conta pontos para o Campeonato Brasileiro de Rally Cross-country, nas categorias Carros (14ª e 15ª etapas), Caminhões (10ª e 11ª) e Motos, Quadriciclos e UTV’s (etapa homologatória). Mais informações www.rallydosbandeirantes.com.br.

 Willem e Doris van Hees recebem o patrocínio da Codipar - Equipamentos e Assessoria para Indústria Alimentícia, Nekarth - Ind. Com. de Peças e Máquinas, Equipamento Kaiser - Bloqueio de Diferencial, Woofer Sound.

Confira os resultados do primeiro dia do 11º Rally dos Bandeirantes (Extra Oficial):


Production
 1) 340 Pietro Branchina Neto / Henry Ritter Kirst, Production, 02h36min48s
 2) 319 Marcos Vinicius Kffuri/ Rodrigo Czech, Production, 02h37min52s
3) 334 Willem van Hees/Doris Van Hees, Production, 02h43min34s
 4) 381 Edson Fonseca Junior/ Fernando Abe, Production, 02h44min51s
 5) 385 Luiz Caludio Parente/Glauco Alecastro, Prodution, 03h26min11s
 6) 352 Pedro Prado Filho/Patrick Prado, Prodution, 18h02min90s


Programação

13/10/13 - Domingo
 08h00 - Largada - Início da Planilha - Parque da Cidade - São José dos Campos.
 09h00 - Largada da Prova Especial 04 - 75 km - Fazendas N. S. Glória, Gaspar e Conceição - Rodovia Ayrton Senna - Taubaté / Caçapava Velha.
 11h30 - Largada da Prova Especial 05 - 75 km.
 14h30 - Início do almoço de premiação - Clube da Tecelagem Parahyba
 15h30 - Início da Premiação.
 16h30 - Encerramento do evento.

Calendário Campeonato Brasileiro de Rally Cros-country:

 12 e 13 de Outubro - Taubaté (em conjunto com o Paulista)
 15 a 17 de Novembro - Rally das Serras - São Joaquim/SC
 08 de Dezembro - Rally dos Amigos (em conjunto com o Paulista)

Os Minis tomaram conta de Gramado

Breve as fotos do evento

São quase 100 carros Mini, de todos os modelos e idades a desfilarem pela região neste final de semana.

Pesquisar